BUSCA PELO ARQUIVO "05/2018"

29 Maio 2018 - 15:13

A nação clama por intervenção militar e baixa dos impostos abusivos sobre os combustíveis

Foto: Reprodução

A Paralização dos Caminhoneiros em 2018

Em 21 de maio de 2018 foi iniciada a paralização dos caminhoneiros em diversos estados do Brasil com amplo apoio popular devido a ser resultante do aumento do preço dos combustíveis em 50% neste ano. Os caminhoneiros são trabalhadores de vidas sofridas trabalhando em condições insalubres por conta de estradas em péssimo estado sendo esburacadas, pavimentações desniveladas e mal construídas causando acidentes, risco de ser vítimas de assaltantes e ladrões de carga, pagam impostos abusivos nos combustíveis, pelo uso dos caminhões e pelos pedágios e multas no trânsito e têm outros problemas que dificultam suas vidas. Cansados de tantos problemas e da exploração trabalhista pela qual passam os trabalhadores viajantes das estradas reivindicam pautas para voltarem a trabalhar.

Eis as pautas dos caminhoneiros listadas:
1- Frete mínimo nacional.
2- Corte total do imposto PIS/COFINS sobre os combustíveis óleo diesel e gasolina.
3- Redução dos pedágios para caminhoneiros.
4- Fim do CIDE (parcialmente cumprido pelo governo).
5- Renegociação das dividas dos caminhoneiros.
6- Estradas em bom estado.
Outros detalhes sobre os objetivos dos caminhoneiros estão listados na carta da CNTA (Confederacão Nacional dos Transportes Autônomos) endereçada ao presidente Michel Temer.


A grande mídia globalista e governo uniram-se para espalhar enganações com notícias falsas na tentativa de desinformar e manipular o povo contra os caminhoneiros, mas diversos vídeos de caminhoneiros e seus apoiadores revelam a verdade que essas elites querem ocultar. Os protestos se espalharam por 25 estados até o momento e o apoio popular é intenso. Movimentos políticos e sociais oportunistas e aproveitadores já tentaram distorcer e perverter o movimento legítimo para suas causas partidárias, felizmente sem sucesso.

O Brasil precisa mudar e os caminhoneiros tem um movimento legítimo com apoio do povo, polícias, forças militares e diferentes classes profissionais. Precisamos nos unir a eles contra partidos e políticos corruptos e seus impostos e leis abusivas. Somos poderosos unidos e juntos vamos abalar as oligarquias que sufocam o povo.

Heder Duarte.
Maio/2018.

29 Maio 2018 - 15:04

Brumado: Grande noite de louvor e adoração acontecerá no sábado (02)

Foto: Divulgação

Os pastores Janivaldo Fernandes e Marcos Rodrigues, com o apoio da OMESB (Ordem dos Ministros Evangélicos da Bahia) estarão realizando neste sábado (02), uma grande noite de Louvor e Adoração na Praça da Prefeitura em Brumado, com a participação de um dos grandes nomes da música gospel brasileira, Irmão Lázaro, e a participação especial do Ministério Mateus Lopes, de Vitória da Conquista. Todos estão convidados. Façam suas caravanas e venham participar deste grande evento.

29 Maio 2018 - 15:00

PT vai pedir autorização para que Lula grave vídeos políticos na prisão

Foto: Exame

O PT vai pedir à Justiça uma autorização para que o ex-presidente Lula (PT) grave vídeos com mensagens políticas enquanto estiver preso. De acordo com a Folha de S. Paulo, a sigla quer divulgar gravações do petista para reforçar o plano da candidatura dele à Presidência. Caso a solicitação seja atendida, a legenda pretende usar as mensagens para abastecer os candidatos na campanha eleitoral deste ano, inclusive a disputa pelo Palácio do Planalto. O pré-candidato pelo Partido dos Trabalhadores está preso há 52 dias na superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

29 Maio 2018 - 14:45

Paraná Pesquisa: Rui Costa seria reeleito governador da Bahia no primeiro turno

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

O Instituto Paraná Pesquisa divulgou a mais nova pesquisa nesta terça-feira (29) para governador da Bahia, a primeira sem a presença do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), na disputa. Conforme levantamento, avaliando a estimulada, o atual governador do Estado, Rui Costa (PT), seria eleito no primeiro turno, com 58,8% das intenções de voto. O pré-candidato ao Palácio de Ondina pelo DEM, José Ronaldo, aparece com 9,5%, seguido por João Henrique (PRTB) 5,8%,  Marcos Mendes (PSOL), com 1,8%; e João Santana, 1,3%. O levantamento Paraná Pesquisas ouviu 1.540 eleitores entre os dias 23 e 28 de maio e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob nº BA-08989/2018. Possui margem de erro de 2.5% para mais ou para menos e intervalo de confiança de 95%.

26 Maio 2018 - 18:37

Visite e conheça a LIVRAMED

26 Maio 2018 - 17:49

Manifestação dos Caminhoneiros entra no 6º dia em Brumado

Foto: Wilker Porto | Agora Sudoeste

A manifestação dos caminhoneiros de Brumado segue no 6º dia. A manifestação tem ocorrido de forma pacifica na rotatória da BR-030 com a BA-262, a categoria reafirma que não aceita a proposta feita pelo Governo Federal e continua em protesto. "Não aceitaremos essa proposta que foi feita pelo governo. Nenhum sindicato nos representa, esse é um movimento de cada um de nós, não estamos impedindo o tráfego de veículos leves, veículos de emergência e ônibus, portanto seguimos com nossa manifestação normalmente", disseram os motoristas de Brumado em entrevista ao Agora Sudoeste.

26 Maio 2018 - 17:47

CBF recebe liberação para jogadores atuarem no Brasileirão

Foto : Reprodução/Arquivo/Agência Brasil

A Confederação Brasileira de Futebol na última sexta feira (25) a liberação da Fifa para que os jogadores da lista de espera da Copa do Mundo possam disputar as próximas rodadas do Campeonato Brasileiro. A entidade admitiu que não havia enviado o pedido de liberação dos atletas relacionados na lista preliminar de Tite para a Federação Internacional no prazo estabelecido. A CBF confirmou a liberação em nota publicada hoje no site da entidade. A Fifa não proíbe o atleta de entrar em campo, mas recomenda que os jogadores cumpram o prazo de descanso estabelecido pelo regulamento da Copa, que começou em 20 de maio. Apesar de ter recebido a liberação, a entidade ainda não revelou os 12 jogadores excedentes que compõem a relação de Tite.

26 Maio 2018 - 17:43

Exército aciona tropas para liberar rodovias

Foto: Reprodução

O Ministério da Defesa informou, por meio de nota, que militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica vão fazer parte do esforço do governo federal em retomar a normalidade no país, após paralisações de caminhoneiros realizadas ao longo desta semana. A ação deve durar até o dia 4 de junho. A medida determina que as Forças Armadas tem autorização para remover ou conduzir veículos que estiverem obstruindo vias públicas e realizar a escolta de veículos que prestem serviços essenciais, como o transporte de alimentos, medicamentos ou combustíveis, além de assegurar o acesso a locais considerados sensíveis, e a proteção de estruturas críticas, como estações de abastecimento de água e luz, em caso de necessidade. O decreto também prevê o emprego das Forças Armadas em vias públicas estaduais, distritais e municipais, mediante requerimento do chefe do poder executivo estadual ou distrital, caso haja insuficiência do efetivo policial. De acordo com o ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, as Forças Armadas tem plenas condições de prestarem esse tipo de apoio. “A vantagem é que as Forças Armadas possuem estruturas em todo o país, costuma-se dizer que onde tem Brasil, tem Forças Armadas, então, podemos atender situações em qualquer localidade do país”, explicou.

26 Maio 2018 - 17:27

Granjas ficam sem alimentos e milhares de frangos morrem na Bahia

Foto : Divulgação/ ABA

Granjas em toda a Bahia estão sem alimentos para oferecer aos frangos, que estão morrendo. De acordo com informações da Associação Baiana de Avicultura divulgadas ao portal G1, apenas na cidade de Governador Mangabeira 50 mil morreram sábado (26). As mortes dos animais são reflexo da paralisação dos caminhoneiros, que já dura seis dias. Conceição da Feira e Santo Antônio de Jesus também estão sofrendo com o desabastecimento de grãos e insumos para as aves. Para a retirada dos animais mortos, caçambas e até uma retroescavadeira foram utilizadas. A diretora executiva da ABA, Patrícia Nascimento, teme que a situação vire caso de saúde pública.