BUSCA PELO ARQUIVO "12/2019"

13 Dezembro 2019 - 10:53

Ponte Salvador - Ilha de Itaparica será construída por consórcio chinês

Foto: Divulgação

O leilão para construção da ponte Salvador - Ilha de Itaparica definiu o Consórcio Ponte Salvador Itaparica, integrado por três empresas chinesas, como o vencedor, nesta sexta-feira (13), na Bolsa de Valores (B3), em São Paulo. A licitação foi acompanhada pelo governador Rui Costa, pelo vice-governador João Leão e pelos secretários de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti e da Casa Civil, Bruno Dauster. Formado pelas empresas China Railway 20 Bureau Group Corporation – CR20; CCCC South America Regional Company S.Á.R.L – CCCC SOUTH AMERICA e China Communications Construction Company Limited – CCCCLTD, o consórcio terá um ano para elaborar o projeto e outros quatro anos para construir o equipamento. A gestão e administração da ponte terá duração de 30 anos. O investimento será de R$ 5,4 bilhões e o aporte do Estado será de R$ 1,5 bilhão. A previsão é que sejam gerados sete mil empregos durante a obra nesta ponte que será a segunda maior da América Latina. A ponte, com 12.3 quilômetros de extensão, está inclusa no Sistema Viário do Oeste, que também contempla a implantação dos acessos ao equipamento em Salvador, por túneis e viadutos, e em Vera Cruz, com a ligação à BA-001, junto com uma nova rodovia expressa, e a interligação com a Ponte do Funil, que também será revitalizada. A construção da ponte encurtará o tempo de deslocamento em cerca de 100 quilômetros, beneficiando de imediato 250 municípios e 10 milhões de pessoas das regiões Oeste, Sudoeste, Sul e Extremo Sul.

Tramitação

O processo na Bolsa de Valores (B3) foi iniciado na última segunda-feira (9), com o recebimento da proposta das empresas interessadas em construir a ponte Salvador - Ilha de Itaparica. A comissão de licitação integrada por representantes das secretarias de Infraestrutura (Seinfra), de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e Casa Civil recebeu o material que foi analisado pela B3, empresa especializada no mercado financeiro. Na ocasião, foram avaliadas as garantias das propostas, as propostas econômicas escritas e os documentos de qualificação.

13 Dezembro 2019 - 10:37

Seguradora quer reverter decisão do governo de extinguir Dpvat

Foto: Reprodução | G1 Bahia

De cada 10 veículos na rua, menos de três têm seguro facultativo – mais de 70% transitam somente com o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (Dpvat). Esse é um dos argumentos da Seguradora Líder, responsável pela administração do Dpvat, para tentar reverter a decisão do governo de extinguir o seguro. No dia 11 de novembro, o governo enviou ao Congresso Nacional a Medida Provisória nº 904 para extinguir o seguro a partir de 1º de janeiro de 2020. De acordo com o governo, a medida tem por objetivo evitar fraudes e amenizar os custos de supervisão e de regulação do seguro por parte do setor público, atendendo a uma recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU). Para a Seguradora Líder, o Dpvat “propicia uma importante reparação social, já que protege os mais de 210 milhões de brasileiros em casos de acidentes de trânsito, especialmente os de renda mais baixa”. “Dos 42% de beneficiários que informaram a renda em todos os pedidos de indenização já computados pelo Consórcio do Seguro Dpvat, cerca de 80% têm de nenhuma renda até um salário mínimo”. A seguradora argumenta ainda que o Dpvat “representa importante fonte de recursos para a União em prol de toda a população”. “Além dos 50% do total arrecadado com o seguro, direcionados ao SUS [Sistema Único de Saúde] e Denatran [Departamento Nacional de Trânsito], mais de 38% da arrecadação são destinados ao pagamento das indenizações às vítimas de acidentes de trânsito e revertidos diretamente à sociedade”. A parcela destinada à margem de resultado e despesas gerais da seguradora soma cerca de 12%. Em caso de acidente de trânsito, o Dpvat cobre até R$ 2.700,00 de despesas médicas, quando não realizadas pelo SUS. Em caso de invalidez permanente ou morte, a vítima ou sua família recebe até R$ 13.500,00. O Seguro Dpvat não cobre danos materiais e é administrado em forma de monopólio pela Seguradora Líder-Dpvat, constituída por 73 seguradoras que participam do Consórcio do Seguro Dpvat.

13 Dezembro 2019 - 10:33

Novas mensagens comprometem militares, ministros e até Bolsonaro, diz hacker

Foto: Reprodução

Walter Delgatti Neto, o chefe da quadrilha de hackers que invadiu telefones celulares, copiou e divulgou mensagens do então juiz Sergio Moro e de procuradores da República, afirmou que o material já divulgado era “uma pequena amostra” e o que estaria por vir teria potencial muito maior de causar estragos porque também envolveria autoridades fora do universo da Lava Jato, incluindo o presidente da República e ministros do Supremo Tribunal Federal. Em entrevista à revista Veja, Delgatti contou que o grupo invadiu o celular do general Walter Braga Netto, o atual chefe do Estado-Maior do Exército. Entre as mensagens captadas, segundo ele, De acordo com a reportagem, Braga Netto comandou o processo de intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro de fevereiro até dezembro de 2018. Nesse período, de acordo com o hacker, o general recebeu um vídeo de um de seus comandados com o relato da execução sumária de uma pessoa. “Assim que eu abri, vi o homem sendo executado”, contou o hacker. Poderia ser uma dessas imagens de crime que circulam pelas redes sociais? Delgatti afirma que não. As imagens mostrariam que foi o próprio executor quem enviou a mensagem ao general, que teria reagido de maneira singular, repreendendo o subordinado não pela morte, mas por usar o celular durante a operação. Na entrevista, Delgatti também confirma que bisbilhotou as conversas de ao menos um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Para quê? Segundo ele, para mostrar quanto a Corte era parcial nas decisões que envolviam a Operação Lava-Jato. “Tive acesso às mensagens da Cármen Lúcia. A ministra estava num grupo falando sobre a morte do neto do Lula”, diz o hacker, que considerou o comentário impróprio. Procurada, a ministra não se manifestou. A PF já apurou que, antes de estourar o escândalo, Delgatti entrou em contato com a ex-deputada Manuela d’Ávila, do PCdoB, ofereceu as mensagens e disse que o material não só comprometeria a ministra Cármen Lúcia como colocaria em liberdade o ex-presidente Lula. “Procurei a deputada porque sabia que ela era contra a Lava-Jato devido à ideologia”, conta o hacker.“O rapaz matou, gravou e enviou a imagem ao general. Ele xingou. Abre aspas: ‘Usando o celular no combate. Está ficando louco?’. Foi isso que eu vi”, garantiu.uma provaria a ligação do Exército com um assassinato. A PF descobriu que pelo menos oitenta figuras públicas foram alvo dos ataques da quadrilha. Nesse rol estão incluídos o presidente Jair Bolsonaro e seus filhos. O hacker afirma que as invasões de fato ocorreram. “Tive acesso ao Telegram deles”, diz. Se for condenado, Walter Delgatti poderá ficar preso pelos próximos vinte anos.

13 Dezembro 2019 - 10:29

Aos 90 anos, Fernanda Montenegro anuncia pausa na carreira

Foto: Veja

Um dos grandes nomes da teledramaturgia brasileira, a atriz Fernanda Montenegro, que completou 90 anos em 2019, irá dar uma pausa na carreira. O anúncio foi feito pela própria global em entrevista ao TV Fama. A pausa está programada para 2020. “Espero descansar um pouco. Este ano eu trabalhei muito. Foi um dos anos em que eu mais trabalhei. Fiz três filmes, fiz novela, documentário. Lançamento do livro, e aí fiz 90 anos, houve festa. Fiz leituras do Nelson [Rodrigues] pelo Brasil”, disse a atriz. Mas a pausa não é nada definitivo. A veterana confessa que se aparecer algum projeto que a interesse nada a impede de voltar as telinhas ou aos palcos. “Se aparecer algum trabalho que me toque, eu vou e faço”. Só em 2019 a atriz lançou três filmes, A Vida Invisível, O Juízo e Piedade, participou da novela A Dona do Pedaço, e lançou a sua biografia Prólogo, Ato, Epílogo.

13 Dezembro 2019 - 09:00

Barragens de Rio de Contas, Paramirim e Ibiassucê estão lista de barragens com estruturas comprometidas na Bahia

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

As barragens Apertado, que fica em Mucugê; Araci, em Araci; Beco Bebedouro, que fica na cidade de Seabra; Luiz Vieira, em Rio de Contas; Tabua II, em Ibiassucê; Vilobaldo Alencar, em Ruy Barbosa; e Zambumbão, no Vale do Paramirim, estão com estruturas comprometidas, de acordo com estudo divulgado na quarta-feira (11) pela Agência Nacional de Águas (ANA). Foram registrados 68 equipamentos com problemas em todo o país. Segundo informações do G1, entre as irregularidades encontradas nos equipamentos, estão erosões, rachaduras, buracos, infiltrações, corrosão de tubulações, presença de vegetações, afundações e fissuras. O levantamento da ANA foi realizado em 2018 e aponta que, em todo o país, o número de barragens com problemas cresceu. Em 2017, 45 estavam irregulares. Na época, 10 equipamentos da Bahia estavam na relação. Todas as barragens com problemas no estado são administrados pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema).

13 Dezembro 2019 - 08:50

Ituaçu: caminhão desgovernado atinge lava jato; carros e prédio; três pessoas ficaram feridas

Foto: Redes Sociais

Na manhã de quinta-feira (12), um caminhão baú desgovernado desceu a BA-142, na saída do município de Ituaçu, sentido a Barra da Estiva, e acabou colidindo contra um lava jato, atingindo pelo menos quatro carros, e um prédio. Segundo informações, suspeita-se que o caminhão possa ter apresentado problemas nos freios e, após não conseguir fazer o retorno em uma praça, colidiu contra os imóveis e carros. Três pessoas ficaram feridas na colisão, entre elas uma criança de 09 anos - filho do caminhoneiro e que estava na boleia do veículo, e todas foram encaminhadas ao hospital. Não há informações sobre seus estados de saúde. As causas do acidente serão apuradas. Policiais da 34ª CIPM estiveram no local e realizaram os procedimentos necessários.

11 Dezembro 2019 - 20:22

Motociclista de 51 anos morre após colisão entre moto e caminhão na BA-148, entre Livramento e Dom Basílio

Foto: Reprodução / Whatsapp

A colisão entre uma motocicleta e um caminhão resultou na morte de um homem de 51 anos, na noite de terça-feira (10), na BA-148, próximo da Barragem do Paulo, entre os municípios de Livramento de Nossa Senhora e Dom Basílio. De acordo com informações do L12 Notícias, devido ao impacto, o senhor, que era morador do Alto do Rosário, em Dom Basílio, morreu ainda no local. Ainda não há informações sobre o que pode ter causado o acidente. Equipe do Departamento de Polícia Técnica esteve no local para remoção do corpo, que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Brumado. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) também esteve no local realizando os procedimentos necessários.

11 Dezembro 2019 - 20:05

INSS lança programa para identificar benefícios irregulares

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

O INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) lançou nesta quarta-feira (11) um programa que visa facilitar a identificação de benefícios irregulares para que pagamentos sejam suspensos. O Programa de Governança e Integridade integra e cruza dados das instâncias administrativas do órgão, como diretorias de governança, auditoria e setores de gestão de pessoas. “Esse novo programa parte da premissa de que tão ou mais importante do que a cessação de benefícios irregulares é a identificação das causas que levaram ao pagamento de forma irregular; a origem do benefício irregular; e por que ele ocorreu”, disse o presidente do INSS, Renato Vieira, durante a solenidade de lançamento. Segundo ele, esse processo de aprendizado permitirá, ao INSS, “uma diminuição gradativa e constante” do número de pagamentos irregulares. Um balanço divulgado no início da semana pelo INSS aponta que 261 mil benefícios foram cancelados ou suspensos em 2019, após um pente fino ter encontrado “indícios de fraude e irregularidades”. “Cada um desses benefícios [cessados] gera um aprendizado institucional para o INSS, no sentido de identificar as razões pelas quais houve o pagamento de benefícios irregulares, para que travas sejam estabelecidas e benefícios irregulares não sejam concedidos no futuro”, acrescentou Vieira. Citando levantamento feito pelo Tribunal de Contas da União (TCU), Vieira disse que 11% dos benefícios mantidos pelo INSS têm indício de irregularidade. O Sistema de Governança será encabeçado pelo Comitê Estratégico de Governança e auxiliado por seis comitês temáticos: planejamento; gestão da informação; governança digital; integridade; gestão de contratações; e gestão de pessoas. Eles atuarão como instâncias colegiadas de discussão e deliberação de temas críticos. Também será reinstalada a Comissão de Ética do INSS, a quem caberá prevenir e reprimir desvios éticos dos servidores do órgão.

11 Dezembro 2019 - 19:43

Faltando poucos dias para o Livramento Folia, expetativas começam tomar conta de de Livramento e Região

Foto: Divulgação

Já é possível sentir a ansiedade e a expectativa aumentando, pois a data do Livramento Folia está mais próxima do que nunca! Nos dias 28 e 29 de Dezembro, será consagrada a primeira edição do evento, e os ingressos que já foram distribuídos e vendidos, somam um número grandioso que indica um histórico recorde de público! Com 80% dos ingressos do Camarote Ney Eventos vendidos, a produção do evento alerta a todos que desejam fazer parte do Livramento Folia e que ainda não adquiriram o seu passaporte, que os ingressos são LIMITADOS! Por isso aproveite, pois o segundo lote já está chegando ao fim, e o evento está mais próximo do que nunca! Faça parte do Livramento Folia no melhor camarote, com serviço Open Bar, disponibilizando Cerveja, Vodka, Refrigerante e Água Mineral, com garçons especializados, equipe de segurança tática, boate com dois DJ's profissionais, banheiros exclusivos apenas para o Camarote, ambiente estruturado e decorado por uma equipe profissional de decoração, som e iluminação de última geração e muito conforto em um ambiente completamente moderno! Não fique de fora do melhor pré carnaval do sudoeste baiano! Corra enquanto há tempo, e adquira o seu ingresso para o evento mais esperado do ano!

11 Dezembro 2019 - 19:37

Deputado Marquinho Viana e secretário Josias Gomes agilizam projetos de água e agroindústria em Barra da Estiva

Foto: Divulgação

O deputado Marquinho Viana (PSB), esteve na terça-feira (10.12), em companhia do secretário de Desenvolvimento Rural e deputado federal, Josias Gomes, participando de reunião com os moradores dos povoados da Moitinha e Samambaia, em Barra da Estiva, para anunciar a instalação do sistema de abastecimento de água para as duas comunidades, que vêm sofrendo com a falta de água para consumo humano. Presente também a ex-prefeita dona Lúcia, os vereadores Fabricio, Bico, Zito de Noé, e diversos pré-candidatos a vereador. Ainda em Barra da Estiva, o deputado Marquinho Viana e o secretário Josias Gomes visitaram a agroindústria de morango, projeto sendo finalizado com convênio entre a Associação dos Produtores de Morango e a CAR/SDR. O secretário Josias Gomes se prontificou para ajudar no que for necessário para a agroindústria funcionar o mais rápido possível.