BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"

31 Maio 2019 - 17:20

João Kleber é internado em São Paulo e fará cirurgia cardíaca

(Foto: Reprodução)

O apresentador João Kleber, de 61 anos, foi internado com urgência nesta sexta-feira (31) no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Durante exames de rotina, ele descobriu duas artérias entupidas, e estava correndo risco de infarto. "João foi fazer exames de rotina e na esteira descobriu uma alteração no coração. Ele tem obstruções em duas artérias, uma delas 95% obstruida e a outra com mais de 70%. O melhor tratamento é colocar dois stents para o João ter uma vida normal, feliz e com muito trabalho", disse sua esposa, Mara Ferraz, ao programa "A Tarde É Sua".

29 Maio 2019 - 16:56

Justiça determina bloqueio de R$ 128 milhões de Aécio Neves

(Foto : Waldemir Barreto/Agência Senado)

O juiz João Batista Gonçalves, da 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo, determinou o bloqueio imediato de R$ 128 milhões do deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG). A decisão atendeu a um pedido do Ministério Público Federal (MPF), no inquérito que apura pagamento de vantagens indevidas a Aécio. A defesa do parlamentar entrou com recurso à Justiça. O bloqueio também atinge outras 13 pessoas e empresas. Segundo a decisão, no primeiro trimestre de 2015, em encontro na casa do empresário Joesley Batista, um dos sócios da empresa J&F, em São Paulo, o então senador Aécio Neves teria solicitado o pagamento de R$ 18 milhões para a quitação de despesas eleitorais pendentes da campanha presidencial do PSDB de 2014. Depois, entre 2015 e 2017, Aécio teria pedido a Joesley um "mensalinho" de R$ 50 mil, por meio da Rádio Arco Íris, sediada em Belo Horizonte, para o custeio de despesas pessoais.

29 Maio 2019 - 16:24

Caixa promove campanha para renegociação de dívidas

(Foto: Blog Regional)

A Caixa Econômica Federal lançou desde último dia (28), uma campanha para que pessoas físicas e empresas renegociem suas dívidas de créditos comerciais (empréstimos) com mais de 360 dias de atraso. De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, os pagamentos devem ser feitos à vista. "Há uma determinação clara do Conselho de Administração anterior para ser só à vista", afirmou. A campanha dura 90 dias e os descontos variam entre 40% e 90%, conforme a situação dos contratos e o tipo de operação de crédito. Interessados podem buscar acordos por meio do site, do telefone 0800-7268068 ou nas redes sociais da Caixa, além das agências móveis espalhadas pelo país. Guimarães adiantou que esta é a primeira de cinco ações que o banco irá promover para diminuir a inadimplência.

28 Maio 2019 - 17:14

Em velório, Wesley Safadão fica aos prantos ao ver cantor Gabriel Diniz em caixão

(Foto: Reprodução)

O cantor Wesley Safadão se despediu do amigo e colega Gabriel Diniz ao comparecer no velório do artista no início da tarde desta terça-feira (28), em João Pessoa. Segundo o portal Metrópoles, acompanhado da mãe Dona Bill e da esposa Thyane Dantas, Safadão resistiu em ver de perto o caixão, mas ao se aproximar desabou em choro. Bastante emocionado, Wesley esteve ao lado do também cantor Xand Avião. Além deles, estiveram presentes no velório os cantores Mano Walter, Léo Santana, Aldair Playboy, a dupla Matheus e Kauan, a cantora mirim e ex-The Voice Mariah Yohana e a humorista Gkay.  De acordo com o G1, o caixão com o corpo de Gabriel Diniz foi levado por volta das 15h30 para o cemitério Parque das Acácias em um carro do Corpo de Bombeiros. Na saída do ginásio de esportes Ronaldão, onde ocorreu o velório, diversos fãs do artista esperavam a passagem do veículo. Um cortejo fúnebre tomou as ruas a caminho do local do sepultamento. Gabriel Diniz morreu aos 28 vítima de um acidente aéreo. O artista havia decolado de Salvador em um avião fretado que tinha como destino final a cidade de Maceió, capital de Alagoas. Durante o percurso, a aeronave comandada pelos pilotos Linaldo Xavier e Abraão Farias caiu em um mangue no povoado de Porto do Mato, município de Estância, em Sergipe. Todos os ocupantes não resistiram a queda.  GD, como também era conhecido, estava indo se encontrar com familiares, entre eles, sua namorada Karoline Calheiros que fez aniversário nesta segunda-feira (27) 

28 Maio 2019 - 16:49

Conflitos em presídios deixam 40 mortos em Manaus

(Foto : Edmar Barros/AP)

Quarenta presos foram mortos dentro de cadeias em Manaus na segunda-feira (27), de acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária do Amazonas (Seap-AM). Todas as mortes tinham indício de asfixia e foram motivadas por um racha entre presos que integravam o mesmo grupo ligado ao tráfico de drogas. Conforme a secretaria, a situação foi controlada e os presos estão na "tranca". No dia anterior, uma briga entre presos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) já tinha deixado 15 presidiários mortos. Hoje (28) o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, informou que o governo federal vai oferecer vagas em presídios federais para mandantes de massacres em presídios de Manaus.

28 Maio 2019 - 16:25

Anac vê indícios de que avião que levava Gabriel Diniz fazia táxi aéreo

(Foto: Iata Anderson Brandão Alves/Arquivo pessoal)

A Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) informou que há indícios de que o avião que caiu enquanto transportava o cantor Gabriel Diniz fazia táxi aéreo irregular. A aeronave estava habilitada apenas para instrução. Em nota, a agência disse que o "avião não poderia prestar serviços fora de sua finalidade, incluindo o transporte remunerado de pessoas". Dentro do avião, Gabriel Diniz gravou um vídeo em que fala a um empresário de Alagoas: "Tive que pagar os custos (....) ". No contexto, pode ser uma referência ao abastecimento antes da viagem e ao pagamento de taxas aeroportuárias para operar em Feira de Santana, de onde o avião partiu. A agência também suspendeu as operações do Aeroclube de Alagoas, dono do avião. Outras 9 aeronaves que pertencem ao aeroclube foram interditadas e estão proibidas de voar. O aeroclube informou acreditar que o processo seja "temporário".

28 Maio 2019 - 10:13

MPF reconhece Fernando Bittar como dono do sítio de Atibaia

(Foto : Reprodução | Veja)

O Ministério Público Federal (MPF) reconheceu que o verdadeiro dono do sítio de Atibaia é Fernando Bittar e autorizou a venda do imóvel. O ministério acusava Lula de ser o verdadeiro proprietário do sítio. “O Ministério Público Federal se manifesta favoravelmente ao pedido formulado por Fernando Bittar, requerendo que seja realizada a avaliação judicial do sítio Santa Bárbara e após, para que o requerente realize a venda do imóvel pelo valor mínimo indicado na avaliação, apresentando a proposta de compra a esse i. juízo, ficando condicionado que os valores decorrentes da venda sejam depositados em conta judicial”, disseram os procuradores. A decisão reforça os argumentos apresentados pelos advogados de defesa do ex-presidente de que Lula não é dono do sítio, conforme quiseram forçar os procuradores da Lava Jato. O parecer foi entregue ao juiz Luiz Antonio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba.

28 Maio 2019 - 08:41

Ministra do STM aponta 'visível manipulação de provas' no caso dos 80 tiros

(Foto: Uol)

A ministra do Superior Tribunal Militar (STM) Maria Elizabeth Guimarães Teixeira Rocha apontou "uma tentativa visível de manipulação de provas" no caso da morte do músico Evaldo dos Santos Rosa, que estava em um carro alvo de 80 tiros, e do catador de recicláveis Luciano Macedo, no Rio de Janeiro. Ela foi a única a votar a favor da manutenção da prisão de nove dos 12 militares envolvidos no caso. Segundo o Estadão, no julgamento, realizado na última quinta (23), a ministra afirmou que no auto de prisão em flagrante os militares apresentaram fotos de veículos alvejados como se fossem os blindados que eles ocupavam no momento da morte do músico. A defesa dos militares nega que tenha havido manipulação. Após a sessão na qual foi decidida a libertação, por maioria de votos, os militares foram soltos na sexta (24). Os outros três integrantes do pelotão já haviam sido soltos e respondem ao processo em liberdade. No total, foram disparados 257 tiros na ação.

15 Maio 2019 - 18:46

Após decisão do STJ, Michel Temer deixa prisão em São Paulo

(Foto: Aloisio Mauricio/FotoArena/Estadão Conteúdo)

O ex-presidente da República Michel Temer, deixou o Comando de Policiamento de Choque (CPChoque) da Polícia Militar, em São Paulo, no início da tarde desta quarta-feira (15), após a chegada do alvará de soltura. Preso desde o último dia 9, o político foi solto com base em decisão unânime da Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça. A liminar também é válida para o coronel João Baptista Lima, amigo do ex-presidente e apontado pelo Ministério Público Federal (MPF) como operador financeiro de Temer. Por decisão dos ministros do STF, Temer e Coronel Lima estão proibidos de mudar de endereço, ter contato com outras pessoas físicas e jurídicas envolvidas nas investigações e de deixar o país, tendo que entregar o passaporte à Justiça. O ex-presidente, que foi preso pela primeira vez em março, ainda ficou proibido de exercer cargos políticos ou de direção partidária.

15 Maio 2019 - 18:35

MPF pede suspensão do decreto de armas de Bolsonaro

(Foto: Reprodução)

O Ministério Público Federal (MPF) anunciou, nesta quarta-feira (15), que solicitou à 17ª Vara de Justiça Federal a suspensão imediata e integral do decreto que regulamentou o porte de armas no Brasil. A ação foi ajuizada na terça-feira (14). Para o MPF, o decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro em 8 de maio extrapola a sua natureza regulamentar, desrespeita as regras previstas no Estatuto do Desarmamento e “coloca em risco a segurança pública de todos os brasileiros”. A ação requer também que a União preste as informações que fundamentaram a edição do regulamento. O documento, assinado por cinco procuradores da República, elenca, pelo menos, oito quesitos problemáticos instituídos pela norma. “As regras, quando comparadas à previsão legal sobre o assunto, são conflitantes”, afirmam os procuradores. De acordo com eles, o decreto deixa brechas ou mesmo contraria diretamente o que foi orientado pela lei vigente no país. No pedido de tutela antecipada, os procuradores sustentam que o aumento da comercialização de armas em decorrência do novo decreto impactará, desde já, o número de armas em circulação no país durante décadas. Segundo o MPF, por se tratar da liberação de um bem durável, os efeitos podem ser irreversíveis: “Muitas daquelas armas vendidas no Brasil antes do Estatuto do Desarmamento, portanto, municiam os agentes do crime até hoje”. Caso a suspensão total do regulamento não seja deferida, os procuradores requerem que a medida seja aplicada a, pelo menos, dez artigos do Decreto. Nesse caso, aqueles que, para o MPF, incidem em maior risco para a ordem social e jurídica do país.

14 Maio 2019 - 19:14

Em delação homologada pela Justiça, dono da Gol cita Geddel, Cunha e Maia

(Foto: Blog Regional)

Sócio da Gol, o empresário Henrique Constantino citou o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM), o ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB) e o ex-deputado Eduardo Cunha (MDB) em delação homologada pelo juiz Vallisney Oliveira, da 10ª Vara Federal em Brasília. Em um dos anexos da delação, o empresário relatou pagamento de propina a operadores e políticos do MDB para conseguir recursos da Caixa Econômica Federal, onde Geddel ocupou cargo, e do fundo de investimentos do FGTS, gerido pelo banco. Em outubro do ano passado, Constantino foi denunciado junto com Geddel e Cunha, atualmente presos. O dono da Gol disse que realizou repasses ilegais por meio de contratos fictícios com empresas do operador Lúcio Funaro, também delator. Em outro anexo de sua delação, Constantino mencionou “benefício financeiro” a parlamentares ou ex-parlamentares por meio da Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas), de acordo com a Folha. Além de Maia, entre os políticos citados estão o senador Ciro Nogueira (PP), o ex-ministro Bruno Araújo (PSDB), o ex-senador Romero Jucá (MDB) e os ex-deputados Marco Maia (PT), Vicente Cândido (PT), Edinho Silva (PT) e Otávio Leite (PSDB). Os detalhes do suposto benefício financeiro estão sob sigilo.

14 Maio 2019 - 18:26

Por unanimidade, Sexta Turma do STJ decide soltar Temer e coronel Lima

(Foto: EPA/MARCELO CHELLO)

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu nesta segunda-feira (14), por unanimidade, conceder uma liminar (decisão provisória) para que o ex-presidente Michel Temer seja solto. Ele está preso preventivamente desde 9 de maio em São Paulo, no âmbito da Operação Lava Jato. A decisão vale também para o coronel João Baptista Lima, amigo do ex-presidente que é apontado pelo Ministério Público Federal (MPF) como operador financeiro de Temer. Ambos devem ser soltos após comunicação às autoridades competentes. Os ministros do STJ determinaram ainda que, após a soltura, Temer e Lima não podem mudar de endereço, ter contato com outras pessoas físicas ou jurídicas investigadas ou deixar o país, além de ter de entregar seus passaportes à Justiça, caso já não o tenham feito. O ex-presidente ainda ficou proibido de exercer cargos políticos ou de direção partidária. No julgamento desta terça, prevaleceu o entendimento do relator do habeas corpus de Temer no STJ, ministro Antônio Saldanha Palheiros, para quem o decreto original de prisão foi incapaz de apontar algum ato delitivo recente que justificasse a prisão preventiva do ex-presidente. No momento, Temer está preso no Comando de Policiamento de Choque (CPChoque) da Polícia Militar, na região da Luz, centro da cidade de São Paulo. O coronel Lima encontra-se custodiado em um presídio militar.

03 Maio 2019 - 10:19

Homem se revolta após ter luz cortada, tira escada e deixa técnico pendurado em poste

(Foto: reprodução/Facebook)

Um homem se revoltou após ter a luz cortada e decidiu se vingar do técnico retirando a escada onde ele se apoiava e o deixando pendurado na estrutura apoiado por um cinto. A situação aconteceu na segunda-feira (29), no Pará. Segundo informações do jornal O Tempo, o homem que trabalha para as Centrais Elétricas do Pará (Celpa), teve que ficar no local aguardando resgate. A foto da situação foi divulgada no Facebook e logo viralizou nas redes sociais. A atitude do morador foi duramente criticada na web. “E o trabalhador, que não tem nada a ver que a pessoa não pagou a conta, é quem é penalizado”, escreveu uma internauta. “O cara estava cumprindo ordens e sofreu essa ação idiota do morador inadimplente. Óbvio que ele estava errado”, disse outra.

23 Abril 2019 - 17:51

Em decisão unânime, 5ª Turma do STJ mantém condenação de Lula e reduz pena para 8 anos e 10 meses

(Foto: Ricardo Stuckert)

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu nesta terça-feira (23) manter a condenação, mas reduzir a pena imposta ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex no Guarujá. O relator, Felix Fischer, e os ministros Jorge Mussi, Reynaldo Soares da Fonseca, presidente da turma, e Marcelo Navarro concordaram em reduzir para 8 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão a pena de 12 anos e 1 mês para 8 anos por corrupção passiva e lavagem de dinheiro imposta pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Os votos foram proferidos durante julgamento de um recurso apresentado pela defesa do ex-presidente e atenderam parcialmente ao recurso. De acordo com os votos dos ministros, a pena imposta ao petista ficou da seguinte forma:

Corrupção passiva - 5 anos, 6 meses e 20 dias (TRF-4 havia fixado em 8 anos e 4 meses)

Lavagem de dinheiro - 3 anos e 4 meses de prisão (TRF-4 havia fixado em 3 anos e 9 meses)
Pena total - 8 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão (TRF-4 havia fixado em 12 anos e 1 mês)

Atualmente, Lula cumpre pena em regime fechado, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Pela lei, após cumprir um sexto da pena poderia progredir para o semiaberto, regime pelo qual é possível deixar a cadeia durante o dia para trabalhar. De acordo com a pena fixada pela Quinta Turma nesta terça, Lula terá que cumprir 17 meses para ir para o semiaberto. Como já cumpriu cerca de 13 meses, faltariam quatro. A leitura na prisão pode contribuir para reduzir ainda mais os dias de punição. (G1)

23 Abril 2019 - 00:21

Ex-assistente mirim de Raul Gil morre aos 17 anos

(Foto: Arquivo Pessoal)

O público recebeu com surpresa a notícia da morte da jovem Yasmin Gabrielle, ex-assistente mirim de Raul Gil, de apenas 17 anos, no último domingo (21). Yasmin ficou marcada por participações no programa de Raul Gil não apenas por cantar, mas pela sua relação com o apresentador, como ela chamava carinhosamente de “vô”. Raul Gil Jr, filho e diretor da atração que é exibida pelo SBT, lamentou a perda da jovem, que sofria de depressão há anos. “Infelizmente nesta manhã perdemos nossa Yasmin Gabrielle. Depressão é uma doença que esta acabando com as nossas crianças. Que Jesus à receba com amor e que ela encontre paz. Muito triste”, escreveu.A suspeita é de que a garota tenha tirado a própria vida. Antes de falecer Yasmin já havia falado sobre a depressão nas redes sociais. Além da doença, a jovem sofria com a perda da mãe e do irmão, ambos vítimas de câncer. A morte de Yasmin causou comoção nas redes sociais. “Tô sem acreditar no suicídio da Yasmin Gabrielle. Depressão não é frescura! Se cuidem e cuidem uns dos outros! Se deem atenção! Que o espírito dela tenha encontrado a paz”, comentou uma internauta. “Meu coração doeu ao ver a notícia da Yasmin Gabrielle. A depressão tem matado muitos jovens… O que podemos fazer pra mudar o rumo que a história está tomando? Como criar um mundo melhor pras nossas crianças? Como dar esperanças pra essas crianças e jovens?”, questionou outra.