BUSCA PELA CATEGORIA "Economia"

25 Dezembro 2018 - 08:49

Salário mínimo deve ficar abaixo dos R$ 1.006 aprovados no Orçamento de 2019

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

O presidente Michel Temer pode editar na próxima semana o decreto que define o valor do salário mínimo para 2019. Este seria um de seus últimos atos à frente da Presidência da República. Segundo apurou o Estadão/Broadcast, o valor deve ficar abaixo dos R$ 1.006 aprovados no Orçamento do ano que vem. O salário mínimo é hoje de R$ 954. De acordo com uma fonte do governo, as surpresas inflacionárias dos últimos meses farão com que a correção fique menor que o inicialmente projetado pelo governo. Os cálculos ainda estão sendo fechados pela área econômica. O governo estimou na proposta orçamentária um INPC de 4,2% neste ano. A variação acumulada em 12 meses até novembro, porém, está em 3,56%. Caso o valor final fique abaixo da previsão, isso deve abrir algum espaço para despesas dentro do Orçamento, já que cada R$ 1 de elevação no salário mínimo implicaria necessidade adicional de R$ 302,8 milhões em gastos pela União. Isso ocorre porque vários benefícios previdenciários e assistenciais, além do abono e do seguro-desemprego, são vinculados ao mínimo. Com um reajuste menor, esses recursos seriam economizados. A regra do salário mínimo prevê o reajuste pelo INPC, índice de inflação medido pelo IBGE, mais o crescimento do PIB de dois anos antes. Em 2017, o avanço da economia foi de 1,0%. Desta vez, ainda será incorporada uma compensação de R$ 1,75 pelo fato de o reajuste do salário mínimo em 2018 ter ficado abaixo da inflação medida pelo INPC. Isso ocorreu porque o decreto foi editado antes da divulgação oficial pelo IBGE, que costuma ocorrer até o dia 10 de janeiro de cada ano. O decreto que deve ser editado por Temer é o último sob a atual regra que instituiu a política de valorização do salário mínimo. O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, precisará apresentar uma nova política de reajustes. Ele está sendo aconselhado a propor a correção do piso nacional apenas pela inflação, para evitar maior pressão sobre os gastos públicos. Ontem a Consultoria de Orçamento da Câmara dos Deputados divulgou estudo mostrando que a correção do salário mínimo apenas pela inflação é uma das medidas que pode postergar o risco de estouro do teto de gastos e dar tempo ao novo governo para aprovar as reformas estruturantes, como a da Previdência.

20 Dezembro 2018 - 12:30

Prazo para pagamento da 2ª parcela do 13º salário acaba nesta quinta

Foto: Marcello Casal/ Agência Brasil

O prazo para que as empresas paguem aos seus funcionários a segunda parcela do 13º salário termina nesta quinta-feira (20). A primeira parcela foi  paga até no dia 30 de novembro. Cada parcela representa metade do salário que o funcionário ganha. O pagamento do 13º salário é feito com base no salário de dezembro, exceto no caso de empregados que recebem salários variáveis, por meio de comissões ou porcentagens – nesse caso, o 13º deve perfazer a média anual de salários. Cabe ao empregador a decisão de pagar em uma ou duas parcelas. No caso de ser apenas em uma única vez, o pagamento deveria ter sido feito até o dia 30 de novembro. Empregadores que pagam a gratificação em uma única parcela em dezembro estão sujeitos a multa. Quem não receber nem a primeira parcela nem a segunda parcela até a data limite deve procurar as Superintendências do Trabalho ou as Gerências do Trabalho para fazer a reclamação. Outra opção é buscar orientação no sindicato de cada categoria. Caso o empregador não respeite o prazo do pagamento, será autuado por um auditor-fiscal do Ministério do Trabalho no momento em que houver fiscalização, o que gerará uma multa.

20 Dezembro 2018 - 09:21

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 50 milhões

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

O concurso 2.109 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 50 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) desta quinta (20) em Conselheiro Pena (MG). As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50. A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

04 Dezembro 2018 - 09:39

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 10 milhões nesta terça-feira (4)

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

A Mega-Sena sorteia nesta terça-feira (4) o prêmio de R$ 10 milhões do concurso 2.103. O sorteio especial de hoje faz parte da Mega Semana de Verão, que terá ainda concursos na quinta-feira (6) e no sábado (8). O sorteio de hoje será realizado a partir das 20h (horário de Brasília) no Caminhão da Sorte, estacionado no Recinto de Exposições Arary Baltuilhe em Santo Anastácio, cidade do interior de São Paulo. De acordo com a Caixa, o valor do prêmio, caso aplicado na poupança, renderia mais de R$ 37 mil mensais. As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer loja lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

30 Novembro 2018 - 11:02

PIB cresce 0,8% e chega a R$ 1,716 trilhão no terceiro trimestre

Foto: Divulgação/Midiamax

O Produto Interno Bruto (PIB) –soma de todos os bens e serviços produzidos no país– cresceu 0,8% na passagem do segundo para o terceiro trimestre de 2018, na série com ajuste sazonal. Em relação ao terceiro trimestre de 2017, o crescimento foi de 1,3%. Os dados foram divulgados nesta sexta (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e indicam que, no resultado acumulado nos quatro trimestres terminados em setembro (3º trimestre do ano), o PIB subiu 1,4% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores. Já no acumulado do ano, o PIB cresceu 1,1%, em relação a igual período de 2017. Em valores correntes, o PIB no terceiro trimestre de 2018 alcançou R$ 1,716 trilhão, sendo R$ 1,464 trilhão do valor adicionado a preços básicos e R$ 252,2 bilhões dos impostos sobre produtos líquidos de subsídios. A taxa de investimento foi de 16,9% e a taxa de poupança foi de 14,9%. Os dados das Contas Trimestrais indicam altas de 0,7% na agropecuária, 0,5% nos serviços e 0,4% na indústria. Nas demais comparações, as variações foram de 1,3% em relação ao mesmo período de 2017, 1,4% no acumulado em quatro trimestres e 1,1% no acumulado de janeiro a outubro de 2018. “Apesar de a agropecuária ter apresentado o maior crescimento, foram os serviços que mais influenciaram a taxa, já que são o setor de maior peso no PIB”, explicou a coordenadora de Contas Nacionais do IBGE, Rebeca Palis.

26 Novembro 2018 - 09:30

Aposentados podem começar a receber 2ª parcela do 13º salário nesta segunda (26)

Foto: Reprodução

Aposentados e pensionistas podem começar a receber a segunda  parte do 13º salário a partir desta segunda segunda-feira (26). O depósito será realizado na folha de pagamento mensal do INSS, de 26 de novembro a 7 de dezembro. Em todo o país, 30,1 milhões de benefícios receberão a segunda parcela do 13º, totalizando R$ 21,4 bilhões, referentes aos benefícios que dão direito ao abono. Deste total, 2,6 mil são benefícios pagos a segurados em decorrência de legislação específica, o que representa o valor de R$ 4,5 milhões. Acesse a tabela com os valores da segunda parcela do abono anual por unidade da federação. É nesta segunda parcela que pode ser realizado o desconto Imposto de Renda. A primeira parcela que correspondeu a 50% do valor de cada benefício foi antecipada para os segurados em agosto deste ano. Em todo o país, 29,7 milhões de benefícios receberam a primeira parcela do 13º, totalizando R$ 20,7 bilhões, referentes aos benefícios previdenciários com direito ao abono. Quem recebe: Por lei, tem direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade. No caso de auxílio-doença e salário-maternidade, o valor do abono anual será proporcional ao período recebido.

02 Novembro 2018 - 08:30

Livramento: Preços abusivos em postos de gasolina continuam, mesmo depois de 10 reduções em refinarias

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

A Petrobras anunciou na quarta-feira (31) mais uma redução do preço da gasolina nas refinarias em 0,84%. Foi a décima redução consecutiva no preço do combustível e a queda acumulada desde setembro chega a 17,98%, o que corresponde a 40 centavos por litros. Para o desânimo dos consumidores, a queda no preço dificilmente chega às bombas. De acordo com L12 Sudoeste, em Livramento de Nossa Senhora, o abuso praticado nas bombas causa relvota em consumidores. A maioria dos postos chegam a cobrar R$ 5,10 por litro da gasolina, já esteve mais cara R$ 5,20. A gasolina em Livramento chega a ser uma das mais caras do país. Não existe nenhuma fiscalização,  nenhum órgão interessado em regular. Aqui se vende gasolina pelo preço que os donos de postos querem. Em vários cantos do país o preço médio varia de R$ 4,16 e pode chegar até R$ 4,53, uma diferença absurda em relação aos preços cobrados em Livramento. E o consumidor não tem pra onde correr! Não dá nem para afirmar que em tal posto é mais barato, geralmente os preços são parecidos. O litro do combustível passou a ser comercializado a R$ 1,8466, desde dia (31).

15 Outubro 2018 - 17:53

Valorização da manga tommy cresce e chega a 54% em Livramento de Nossa Senhora

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

Na última semana, após quase dois meses de quedas consecutivas nos preços, a manga tommy voltou a ter boa cotação em Livramento de Nossa Senhora. De acordo com informações do Centro de Pesquisas Econômicas da Escola Superior de Agricultura (Cepea/Hortifruti), o recuo significativo no volume da variedade em Livramento e a oferta controlada no Vale do São Francisco são fatores que impulsionaram a valorização da fruta.  Em Livramento, observou-se o incremento nas cotações – sendo comercializada à média R$ 0,86/kg, acréscimo  de 54% em relação aos meses anteriores. De acordo com o Ceapea, apesar da boa valorização da manga tommy , é pouco provável que os preços voltem a ser positivos como foram em agosto. Ainda que as exportações para os EUA ajudem a escoar a oferta, para o fim do mês, já é esperado que as mangas paulistas estejam no mercado, podendo pressionar as cotações.

28 Setembro 2018 - 20:18

ANP anuncia novos preços do diesel com alta de até 2,76%

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) publicou os novos preços de referência para comercialização do diesel, que passou a ser subsidiado pelo governo após a greve dos caminhoneiros. Os preços subiram até 2,76% e variam de acordo com a região. Os novos preços entram em vigor neste domingo (30) e valerão por 30 dias. Pela nova tabela divulgada pela ANP, a maior alta será na região Norte, de 2,76%, com o preço do litro passando de R$ 2,2281 para R$ 2,2897. No Sudeste, os preços subiram 2,69%, de R$ 2,3277 para R$ 2,3902. No Nordeste, passou de R$ 2,2592 para R$ 2,3203, alta de 2,7%. No Sul, foi de R$ 2,3143 para R$ 2,3737, alta de 2,57%. E no Centro-Oeste avançou 2,59% de R$ 2,4094 para R$ 2,4719. A Petrobras ainda não informou qual será o preço do diesel cobrado nas suas refinarias a partir de domingo.
 

20 Setembro 2018 - 07:42

Bahia tem a gasolina mais cara do Nordeste e a sexta mais cara do país

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

Um levantamento feito pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) constatou que a Bahia possui a gasolina mais cara do nordeste, valendo em média R$ 4,807 no estado, que aparece em sexto lugar na colocação nacional. O valor é quase R$ 0,20 maior do que a média nacional, que foi R$ 4,628. A pesquisa considerou os preços de 330 postos baianos, na semana do dia 8 a 15 de setembro. O preço elevado da gasolina pode estar relacionado à alta margem de lucro média do estado, ou seja, à maior diferença entre o preço que o combustível é vendido e o valor pelo qual ele é comprado pelos postos. A margem média da Bahia é a segunda maior do Brasil, apresentando o lucro médio de R$ 0,615. O estado fica atrás somente do Acre, onde os postos lucram uma média de R$ 0,734 pelo litro do combustível. O estado brasileiro que a pesquisa aponta a gasolina mais cara é o Acre, que vende o litro a uma média de R$ 5,129, seguido de perto pelo Rio de Janeiro, que apresenta uma média de preço de R$ 4,999. Já o estado onde o consumidor pode comprar a gasolina mais barata é o Amapá, que vende o combustível a R$ 4,129. Na Bahia, a cidade em que se compra a gasolina mais cara é Porto Seguro, com o valor do litro a R$ 5,249. Já o município onde o combustível está mais barato é Lauro de Freitas, que vende a gasolina a uma média de R$ 4,403. A cidade com menor lucro para os postos é Lauro de Freitas, com R$ 0,31. Já o município que apresentou a maior margem média foi Livramento de Nossa Senhora, com R$ 0,982. Na capital baiana, o preço médio do litro de combustível é R$ 4,863, com a margem de lucro para os postos de R$ 0,707.

16 Agosto 2018 - 12:23

Mega-Sena pode pagar R$ 7,5 milhões nesta quinta; apostas podem ser feitas até as 19h

Foto: (Patrick Cassiano / Blog Regional)

O concurso 2.069 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 7,5 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) desta quinta (16) no município de Coribe, na Bahia. Excepcionalmente, serão três concursos nesta semana, como parte da ”Mega Semana dos Pais”: o primeiro foi na terça (14); o último será no sábado (18). Normalmente, os sorteios ocorrem às quartas e sábados. As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50. A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

14 Agosto 2018 - 09:28

Resgate do PIS/Pasep começa hoje

Os trabalhadores de todas as idades que tiverem direito a cotas dos fundos dos programas de Integração Social, o PIS, e de Formação do Patrimônio do Servidor Público, o Pasep, podem sacar seus recursos a partir desta terça-feira (14). O prazo para sacar o benefício vai até 28 de setembro. Têm direito ao saque as pessoas que trabalharam com carteira assinada antes da Constituição de 1988. As cotas são os recursos anuais depositados nas contas de trabalhadores criadas entre 1971, ano da criação do PIS/Pasep, e 1988, como explica o diretor de Assuntos Financeiros do Ministério do Planejamento, Sérgio Calderini. É importante destacar que aqueles que contribuíram após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Para quem é correntista da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, o crédito tem sido disponibilizado desde 8 de agosto. 

04 Agosto 2018 - 17:41

Mega-Sena acumulada pode pagar hoje prêmio de R$ 30 milhões

(Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional)

A Mega-Sena pode pagar hoje (4), o prêmio de R$ 30 milhões a quem acertar sozinho as seis dezenas do prêmio principal. O sorteio do concurso 2.065 será às 20h (horário de Brasília) no Caminhão da Sorte que está em Catalão, em Goiás. Aplicado na poupança, o prêmio pode render R$ 111 mil mensais, segundo a Caixa.A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 3,50 e pode ser feita até as 19h (horário de Brasília) em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país.

26 Julho 2018 - 10:20

Bahia tem maior redução de área destinada à agropecuária no Brasil

Foto : Mateus Pereira/GOVBA

A Bahia teve a maior redução absoluta no país da área destinada à agropecuária entre os anos de 2006 e 2017, conforme estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. De acordo com o IBGE, o estado passou de 29,581 milhões de hectares para 27,831 milhões de hectares, uma redução de 1,749 milhão de hectares em 11 anos. Também houve decréscimo, no ano passado, na área total destinada a lavouras (somam-se as culturas temporárias e permanentes) nos estabelecimentos agropecuários baianos. A queda de 15,3% em relação a 2006, passou para 4,409 milhões de hectares ante 5,205 milhões de hectares. Com a perda, a Bahia passou da sexta à sétima maior área dedicada a todos os tipos de lavouras entre os estados brasileiros, superada por Goiás. A análise do IBGE aponta também que caiu o número de trabalhadores no segmento. Em 2017, 2,078 milhões de pessoas atuavam no setor, 10,7% menos do que em 2006, quando havia 2,326 milhões. Apesar da queda na população ocupada, o estado se manteve como o maior contingente de pessoas que trabalham no setor. Dados positivos – No ano passado, a Bahia passou o Rio Grande do Sul e assumiu o 1ºlugar no ranking nacional de efetivo de ovinos, 2,860 milhões de cabeças. Na comparação com 2006, o rebanho cresceu 7% e, assim, aumentou a participação no rebanho nacional, de 18,8% para 20,7%.

18 Julho 2018 - 21:00

Vital Energia: Economia em dose dupla!

Foto: Divulgação

Mais um sistema de energia solar em operação e gerando economia na cidade de Livramento de Nossa Senhora . E dessa vez em dose dupla: o sistema instalado pelo médico Dr Alfredo , composto por 28 módulos de energia solar , é capaz de suprir todo o consumo da sua residência e também da clínica CLIMEDI, clínica que conta com diversas especialidades médicas e que, além de prestar serviço de qualidade para todo o público da região, também contribui com o desenvolvimento sustentável da nossa cidade. Entre em contato com a Vital Energia para adquirir um projeto com qualidade e resultado garantido. (77) 9 9875 4408.