BUSCA PELA CATEGORIA "Eleições 2018"

30 Outubro 2018 - 01:38

Haddad venceu em 413 dos 417 municípios da Bahia no segundo turno

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

De acordo com os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na Bahia, Fernando Haddad (PT) venceu em 413 dos 417 municípios no segundo turno. O petista teve 72,69% dos votos válidos, contra 27,31% de Jair Bolsonaro (PSL) vencedor da eleição presidencial. No primeiro turno, Bolsonaro teve maioria em seis dos 417 municípios baianos. Dentre as seis, apenas quatro delas repetiram o feito neste domingo (28). De acordo com o TSE, a cidade de Luís Eduardo Magalhães foi onde Bolsonaro tem maior votação: 58,80%. Nesta cidade, Haddad teve 41,20%.

29 Outubro 2018 - 10:50

Magno Malta diz que Brasil é cristão e que posse de arma será liberada em 2019

Foto: Reprodução

O senador Magno Malta (PR), que não conseguiu ser reeleito no Espírito Santo e apoia o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), afirmou, ontem (28), que o Congresso vai aprovar a posse de arma de fogo para o cidadão comum a partir de janeiro de 2019. Em um discurso no alto de um trio elétrico instalado em frente ao condomínio onde Bolsonaro mora, no Rio de Janeiro, Malta também afirmou que propostas relacionadas à descriminalização das drogas ou do aborto não serão votadas. Segundo ele, o país é cristão, formado por “católicos, evangélicos, judeus, homens e mulheres”. Ele ainda disse que não é falsa a informação de que o kit anti-homofobia tinha o objetivo de "ensinar homossexualismo [sic] para crianças de 6 anos", além de condenar os posicionamentos de opositores de Bolsonaro que, na opinião dele, atacam os valores da família brasileira. "Nós não vamos aceitar que esses canalhas, em nome de cultura, ataquem a virgem e chamem Jesus de viado [sic]", disse.

29 Outubro 2018 - 09:53

Fernando Haddad obteve a maioria dos votos tanto no primeiro como no segundo turno em Livramento

Foto: Divulgação

O candidato derrotado do PT, Fernando Haddad, foi o mais bem votado na eleição presidencial tanto no primeiro como no segundo turno em Livramento de Nossa Senhora. Segundo levantamendo do Blog Regional, no primeiro turno, Haddad, obteve 71,10%, ou seja 16.390 votos válidos. Já no segundo turno, o candidato petista obteve 80,54% ou seja 19.346 votos válidos, um aumento de 2.956 votos. No primeiro turno Jair Bolsonaro (PSL), obteve 16,22%, ou seja 3.740 votos válidos. No segundo turno, o Bolsonaro obteve em Livramento 19,46%, ou seja 4.674 votos válidos, um aumento de 934 votos. Brancos somaram 1,27 %, Nulos 4,62% e Abstenção 23,95%. O candidato Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito presidente na disputa do segundo turno, na noite de domingo (28) com 55,13% das urnas apuradas, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

28 Outubro 2018 - 22:37

Após vitória de Bolsonaro, Haddad fala em compromisso com a democracia

Foto: Reprodução | Rede Globo

Em discurso após o resultado da eleição, o candidato Fernando Haddad (PT), derrotado por Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno, ressaltou a importância do respeito às instituições e à democracia. O petista falou ao público na noite de hoje (28) em São Paulo. Com a presença do candidato derrotado no primeiro turno, Guilherme Boulos (PSOL) e da postulante à vice-presidência, Manuela D'Ávila (PCdoB), Haddad agradeceu o esforço da militância e disse que é necessário defender a nação dos que tentam "usurpá-la de forma desrespeitosa". O petista ainda se disse a favor de um "compromisso com a democracia" e frisou que será oposição ao novo governo, "colocando os interesses do povo acima de tudo".

28 Outubro 2018 - 22:21

Livramento: Eleitores de Bolsonaro comemoram com buzinaços e fogos na Praça Zezinho Tanajura

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

Após o anúncio da vitória de Jair Bolsonaro (PSL) na eleição presidencial, diversas cidades pelo país tiveram comemorações, buzinaços e fogos de artifício. Em Livramento de Nossa Senhora, muitos eleitores se reuniram na Praça Coronel Zezinho Tanajura. O candidato Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito presidente na disputa do segundo turno, com 55,13% das urnas apuradas, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

28 Outubro 2018 - 22:06

Na Bahia, Haddad teve 72% dos votos

Foto : Ricardo Stuckert

Candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad saiu vitorioso nas urnas da Bahia. O estado deu mais de 72% dos votos ao petista. Eleito presidente hoje (28), Jair Bolsonaro teve 27% dos votos. Em todo Nordeste, o candidato do PT teve vantagem sobre o capitão da reserva. Em Sergipe, Haddad teve 67% dos votos, contra 32% dos votos de Bolsonaro. Em Alagoas, o petista levou 60% dos votos, Bolsonaro 39%. Em Pernambuco, Haddad também teve 66%. Jair Bolsonaro teve 33%. Na Paraíba, o candidato do PT teve 76% contra 23% de Bolsonaro. No Rio Grande do Norte, os votos de Haddad foram menos expressivos: 63%, contra 36% de Bolsonaro. No Maranhão, Haddad teve 72% dos votos, contra 27 de Bolsonaro.  Já no Ceará, Haddad levou 71% dos votos e o candidato eleito 28%.

28 Outubro 2018 - 21:58

Jair Bolsonaro é eleito presidente da República

Foto : Tânia Rêgo / Agência Brasil

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito neste domingo (28) presidente da República. O parlamentar tomará posse em 1º de janeiro de 2019. Bolsonaro disputou a eleição contra Fernando Haddad, do PT. O militar da reserva passou a liderar as pesquisas de intenção de voto com a saída do ex-presidente Lula (PT), que está preso e foi condenado em segunda instância. Bolsonaro, ao longo da campanha, se envolveu em diversas polêmicas. A mais recente promovida por seu filho, Eduardo Bolsonaro, que afirmou ser preciso apenas "um cabo e um soldado para fechar o STF". Bolsonaro já desenha a sua equipe. O principal ministro deve ser Paulo Guedes, que irá comandar a Fazenda. Já Onyx Lorenzoni, deputado do DEM, deve comandar a Casa Civil.

26 Outubro 2018 - 19:52

Evento com Haddad reúne 100 mil pessoas em Salvador, dizem organizadores

Foto: Ulisses dumas / Divulgação / GOVBA

A dois dias do segundo turno da eleição presidencial deste ano, uma caminhada com o candidato à Presidência do PT, Fernando Haddad, teria reunido cerca de 100 mil pessoas no Farol da Barra nesta sexta-feira (26), segundo organizadores. 

 

Evento com Haddad reúne 100 mil pessoas em Salvador, dizem organizadores

Foto: Ulisses dumas / Divulgação / GOVBA

O comício com o ex-prefeito de São Paulo contou com a presença do governador Rui Costa (PT) e dos senadores eleitos Angelo Coronel (PSD) e Jaques Wagner (PT). O evento começou com uma caminhada, por volta das 15h da tarde, partindo de Ondina. Haddad e os seus aliados no estado fizeram o circuito invertido do Carnaval de Salvador em um trio elétrico. 

 

Evento com Haddad reúne 100 mil pessoas em Salvador, dizem organizadores

26 Outubro 2018 - 12:38

Datafolha: 47% dos eleitores acreditam nas notícias recebidas via Whatsapp

Foto : Allan White/Fotos Públicas

Além de medir as intenções de voto, a pesquisa Datafolha divulgada na última quinta feira (25) aponta que quase metade dos eleitores que usam o WhatsApp diz acreditar nas notícias recebidas por meio do aplicativo. Na opinião de 47% dos eleitores, as informações são confiáveis. Ainda segundo o levantamento, o WhatsApp é a rede social mais utilizada pelos eleitores: 65% têm conta no aplicativo, enquanto 24% compartilham notícias políticas através da plataforma.

26 Outubro 2018 - 12:18

Eleições 2018: o que você precisa saber para votar no segundo turno

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

Neste domingo (28), eleitores de todo o Brasil vão novamente às urnas. Na Bahia, o segundo turno é marcado pela escolha apenas do Presidente, o que tornará o processo de votação mais rápido. O uso da biometria continua a ser exigido na capital baiana e nos demais municípios cujo cadastramento foi obrigatório. Para votar neste segundo turno, o eleitor deve se dirigir à mesma seção onde votou no primeiro turno. Em caso de dúvida, em especial àqueles que deixaram de comparecer ao primeiro turno, o Tribunal Regional Eleitoral (TER-BA) informa que existem três formas de consultar o local previamente: site do TRE-BA, Disque-Título no número (71 – 3373-7000) ou aplicativo e-Título para Android ou iOS. A documentação exigida para votar permanece a mesma. É recomendado ao eleitor levar seu Título de Eleitor e um documento oficial com foto (carteira de identidade, passaporte, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação). Outra opção é baixar o aplicativo e-Título. Em caso de eleitor com biometria, a apresentação do e-Título é suficiente; caso contrário, será preciso apresentar o documento oficial com foto. Certidões de nascimento e casamento não são aceitas.

O e-Título é uma das novidades deste pleito. O aplicativo permite o acesso digital do título eleitoral por meio de smartphones ou tablets, apresentando as informações básicas, como zona e seção, dados sobre quitação eleitoral, cadastramento biométrico e situação do título de eleitor. A ferramenta traz ainda a foto do eleitor. Essa possibilidade, contudo, é válida apenas para aqueles que já fizeram o cadastramento biométrico, momento em que é capturada uma foto do cidadão junto com suas impressões digitais. Eleitores sem cadastro biométrico também podem utilizar o App, no entanto, devem apresentar documento de identificação com foto.

Seguindo o horário local, o pleito tem início às 8h e se encerra às 17h. O eleitor que chegar ao local de votação até às 17h terá garantido o seu direito de votar. Aqueles que não puderem exercer o voto no dia da eleição no município em que é inscrito devem apresentar justificativa de sua ausência para se manter em dia com suas obrigações eleitorais. O Presidente do TRE-BA ressalta que a ausência não justificada gera um débito com a Justiça Eleitoral, estando o eleitor sujeito a diversas restrições.

Para atender a essa finalidade pela internet, o site do TRE-BA disponibiliza um sistema que envia o requerimento de justificativa diretamente para o cartório da sua Zona Eleitoral. Ao preencher o formulário, o eleitor receberá um número de protocolo para consultar o andamento do seu requerimento, com informação do deferimento ou indeferimento pelo juiz eleitoral.

É importante lembrar que é proibido ao eleitor, dentre outras coisas, filmar ou fotografar a urna eletrônica e fazer boca de urna. Essas ações configuram crime eleitoral e o eleitor pode ser multado e detido. O uso de alto-falantes ou amplificadores de som também está proibido no dia da eleição. Quem for flagrado, também sofrerá as mesmas sanções anteriores.

A legislação permite, no dia do pleito, a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor por partido político, coligação ou candidato, revelada exclusivamente pelo uso de bandeiras, broches, dísticos e adesivos.

CONTINUE LENDO

25 Outubro 2018 - 13:05

Pesquisa Vox Populi: Bolsonaro tem 44% das intenções de voto e Haddad 39%

Foto: Divulgação

Conforme levantamento realizado nos dias 16 e 17 de outubro para pesquisa CUT/Vox Populi, na simulação estimulada, quando o entrevistador apresenta os nomes dos candidatos, Bolsonaro (PSL) aparece com 44% das intenções de votos contra 39% de Haddad (PT). A diferença entre os dois candidatos caiu para 5%. Se for considerada a margem de erro da pesquisa, que é de 2,2%, a diferença entre as intenções de voto em Haddad e Bolsonaro pode chegar a 1 ponto percentual (2,2% a menos para Bolsonaro e 2,2% a mais para Haddad). A pesquisa mostra também que 17% dos eleitores ainda estão indecisos. Desse total, 12% disseram que não vão votar em ninguém, vão votar em branco ou anular os votos. Outros 5% não sabem ou não quiseram responder. Os percentuais são iguais aos da pesquisa anterior. A simulação espontânea, quando o entrevistador apenas pergunta em quem o eleitor vai votar, aponta Bolsonaro com 43% das intenções de votos contra 37% de Haddad.

24 Outubro 2018 - 13:15

WhatsApp teve efeito limitado no primeiro turno, aponta Ibope

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

A primeira pesquisa eleitoral com perguntas específicas sobre o possível efeito de campanhas negativas pelo WhatsApp nos resultados do primeiro turno da eleição presidencial indica um impacto limitado. O levantamento revela ainda que críticas e ataques disseminados pelo aplicativo podem ter afetado na mesma proporção tanto Jair Bolsonaro (PSL) quanto Fernando Haddad (PT). Três em cada quatro eleitores ouvidos pela pesquisa Ibope/Estado/TV Globo disseram não ter recebido mensagens desfavoráveis a algum candidato à Presidência na semana que antecedeu o primeiro turno. Já as respostas dos expostos a propagandas negativas não indicam que um dos classificados ao segundo turno tenha sido mais afetado do que o outro. Questionados sobre críticas ou ataques a candidatos via WhatsApp no período, 73% disseram não ter recebido. Conteúdo contra Haddad apareceu nas telas dos celulares de 18% – mesmo porcentual no caso de Bolsonaro. Outros 14% citaram os demais candidatos. A soma das taxas excede 100% porque era possível citar mais de um nome. Mesmo entre os 25% de eleitores que afirmaram ter recebido críticas ou ataques, o impacto das mensagens parece ter sido limitado. O Ibope perguntou somente a quem viu propaganda no WhatsApp se o conteúdo ajudou ou não a decidir o voto. Nesse caso, 75% disseram não, e 24%, sim. Em relação ao universo total da pesquisa, os que receberam campanha negativa pelo aplicativo e admitiram que isso influenciou seu voto são apenas 6%. Tomando em consideração apenas essa pequena parcela que admite tanto exposição à campanha negativa quanto influência disso no voto, 39% afirmaram ter votado em Bolsonaro no primeiro turno, 35% em Haddad e 24% em outros candidatos, em branco ou nulo. 
 

24 Outubro 2018 - 12:37

Rui Costa repudia declaração 'preconceituosa' de Bolsonaro à Bahia

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

O governador reeleito Rui Costa (PT) repudiou a declaração "preconceituosa" do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) à Bahia. Em vídeo publicado nas redes sociais, o capitão reformado pergunta: "Por que é vantajoso comprar carro na Bahia?". Ele mesmo responde: "porque já vem com freio de mão puxado", ao fazer referência que baiano é preguiço. "Eu vou perder o voto da Bahia toda", acrescentou. Em sua conta no Twitter, o petista baiano diz que fala de Bolsonaro é "lamentável". "Nosso estado é pobre mas é de gente que trabalha muito no campo e na cidade. Baianos e baianos desprezam, candidato, sua fala preconceituosa. O Povo da Bahia exige respeito. Chega de Ódio e Violência", ressaltou.

20 Outubro 2018 - 11:07

Datafolha: Eleitores votam em Bolsonaro por renovação; em Haddad por rejeição a Bolsonaro

Foto: Divulgação

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (20) apresenta as razões pelas quais eleitores vão votar em Jair Bolsonaro (PSL) e em Fernando Haddad (PT) no 2º turno das eleições presidenciais.

As respostas passam pelas propostas e até rejeição do candidato oposto. Veja:

Razões pelas quais votaria em Jair Bolsonaro:

Renovação/alternância/ mudança/um candidato novo/candidato que nunca foi presidente/ tentar outro – 30%
Porque rejeita o PT – 25%
Pelas propostas para segurança – 17%
Imagem e valores pessoais – 13%
Tem as melhores propostas/ plano de governo – 12%
Combate à corrupção/impunidade - 10%
Experiência e capacidade para governar – 5%
Pelas proposta para educação - 5%
Pelas proposta para saúde - 5%
Melhor para o Brasil/Querer o melhor/Melhorar o Brasil/Para o desenvolvimento do Brasil – 4%
É o menos ruim/pior/falta de opção - 3%
Pelas propostas para gerar empregos – 3%
Pelas propostas da área econômica - 2%
Porque rejeita Haddad – 1%
Esperança de melhorias/ otimismo – 1%
Por ele ser contra/ ter fim a ideologia de gênero/ homossexuais - 1%
Família toda vota no candidato/ família quer que vote no candidato/ marido/ esposa vai votar nele/ amigos – 1%
Outras respostas – 11%
Não sabe – 1%
Nenhuma razão específica – 1%

Razões pelas quais votaria em Fernando Haddad

Porque rejeita Bolsonaro – 20%
Tem as melhores propostas/ plano de governo – 15%
Por ideologias do partido - 13%
Experiência e capacidade para governar – 11%
Por causa do Lula - 11%
Imagem e valores pessoais - 7%
Governo voltado para o povo/ pobres/ pensa mais na população pobre - 6%
Pelas propostas para educação - 6%
É o menos ruim/ pior/ falta de opção – 4%
Pelas propostas para gerar empregos - 4%
Melhor para o Brasil/Querer o melhor/melhorar o Brasil/Para o desenvolvimento do Brasil – 3%
Pelas propostas para saúde – 3%
Pelos programas sociais – 3%
Pela democracia/ democracia s/esp. – 2%
Pelas propostas para segurança – 2%
Pelas propostas da área econômica – 1%
Renovação/ alternância/ mudança/ um candidato novo/ candidato que nunca foi presidente/ tentar outro – 1%
Vai trabalhar/ olhar pelo Nordeste – 1%
Por ser contra o fascismo/ ditadura/ ter medo do fascismo – 1%
Família toda vota no candidato/ família quer que vote no candidato/ marido/ esposa vai votar nele/ amigos – 1%
Outras respostas – 10%
Não sabe – 3%
Nenhuma razão específica – 2%
Recusa/ não respondeu - 1%

Foram entrevistados 9.137 eleitores em 341 municípios, nos dias 17 e 18 de outubro. A pesquisa Datafolha foi contratada pelaTV Globo e Folha de S.Paulo e a margem de erro é de 2 pontos para mais ou para menos.

17 Outubro 2018 - 12:39

No nordeste, Haddad tem 57% e Bolsonaro 33%, diz Ibope

Foto: Reprodução

A pesquisa Ibope divulgada na noite de segunda-feira (15) traz um cenário em que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) lidera as intenções de votos na maioria das regiões do país, exceto o Nordeste. Entre o eleitorado nordestino, o candidato do PSL tem 33%. Já o petista Fernando Haddad possui 57%. No recorte do Norte/Centro-Oeste, Bolsonaro registra 59%, enquanto Haddad tem 33%. No Sudeste, 58% dos eleitores preferem Bolsonaro. Fernando Haddad aparece com 29%. No Sul, está o maior percentual de apoiadores de Bolsonaro: 62%. Lá, 28% preferem Haddad. No cenário nacional, o candidato Jair Bolsonaro tem 59% dos votos válidos, enquanto Haddad tem 41%. A pesquisa Ibope tem margem de erro de 2% para mais ou para menos, ouviu 2.506 mil eleitores em 176 municípios e foi feita entre os dias 13 e 14 de outubro. O estudo está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob número BR?01112/2018. O nível de confiança é 95%.