BUSCA PELA CATEGORIA "Esporte"

27 Março 2018 - 23:41

Brasil vence a Alemanha por 1 a 0

Foto: Reprodução | Uol

O Brasil venceu por 1 a 0 o amistoso contra a Alemanha em Berlim. O gol foi feito por Gabriel Jesus, aos 37 minutos do primeiro tempo. O jogo é o primeiro encontro entre as duas seleções depois do 7 a 1 de 2014. No primeiro tempo, o time da casa apresentou melhor rendimento e criou mais oportunidades, mas a equipe canarinha foi mais eficiente. Em duas oportunidades que teve, Jesus chutou por cima e fez o gol na segunda, cabeceando após cruzamento de Willian. A partida serviu de preparação para a Copa do Mundo da Rússia em 2018.

23 Março 2018 - 18:46

Brasil resolve no segundo tempo e vence Rússia por 3 a 0 em Moscou

Foto: Reprodução | Reuters

O Brasil venceu o penúltimo amistoso antes da convocação para a Copa do Mundo 2018. Em Moscou, a seleção superou a Rússia por 3 a 0, gols de Miranda, Coutinho e Paulinho, todos no segundo tempo. Na etapa inicial, o Brasil conseguiu manter o controle da posse de bola e criar chances contra a defesa russa, mas pecando muito na finalização. A melhor chance foi dos donos da casa: Miranchuk recebeu de Smolov e chutou por cima do gol, quase na pequena área. O segundo tempo começou com o Brasil em outro ritmo. Em 20 minutos, a seleção resolveu o jogo; primeiro, com Miranda marcando em rebote de cabeçada de Thiago Silva; depois, com Coutinho convertendo o pênalti sofrido por Paulinho; por fim, o próprio Paulinho marcou de cabeça, em cruzamento de Willian. Tite fez poucos testes em suas substituições, colocando Firmino, Renato Augusto, Fred, Taison, Fagner e Geromel, mas sem mexer em seu esquema. O treinador vê nesses amistosos uma chance de testar como será o ataque brasileiro sem depender de Neymar que, por uma lesão no pé direito, não foi chamado. Na terça-feira, 27 de março, o Brasil enfrenta a Alemanha no primeiro encontro desde o fatídico 7 x 1 da Copa do Mundo de 2014.

12 Março 2018 - 18:31

PSG manda comitiva ao Brasil para garantir Neymar no clube

Foto: Reprodução | Goal

Dirigentes do Paris Saint-Germain não querem dar brechas para que Neymar seja seduzido pelo Real Madrid. Por isso, uma comitiva deixará Paris nesta semana com destino ao Brasil só para acompanhar o processo de recuperação do jogador mais caro do time. Quem deve desembarcar no Rio de Janeiro é o dono do PSG, o catari Nasser Al Klelaif. A informação é do canal francês TG1. Nasser teve participação direta na contratação de Neymar do Barcelona. Neymar entra para a segunda semana de recuperação em Mangaratiba, após cirurgia no quinto metatarso do pé direito. A indicação médica é que nos primeiros dias ele tenha de manter o pé para cima, sem pisar. O tratamento levará até três meses. O dirigente do PSG teria a companhia do diretor esportivo da equipe, Antero Henrique. Mandar para o Brasil os dois cartolas mais importantes do clube francês demonstra o tamanho da preocupação com Neymar, afinal sua transferência foi a mais cara da história, com investimento de R$ 824 milhões e contrato até junho de 2022. Semana passada, o jornal espanhol AS noticiou que representantes do Real Madrid, o pai de Neymar e dois advogados se reuniram em Paris para discutir uma possível transferência. No encontro, o time espanhol teria demonstrado interesse em ter o atacante por até 400 milhões de euros, cerca de R$ 1,6 bilhão. Nenhuma das partes confirmou o encontro. Antes de se acertar com o Barcelona, Neymar chegou a fazer exames no Brasil com representantes do Real. A negociação não andou. O técnico Zidane disse que as portas do Real estão abertas. Enquanto não se recupera, Neymar acompanhará de longe seu PSG e aos amistosos da seleção, neste mês, contra Rússia e Alemanha. Médicos e membros do Brasil estão seguros de que ele estará em pé para a Copa.
 

18 Fevereiro 2018 - 20:19

Ba-Vi é marcado por violência e expulsões; jogo foi encerrado aos 34 minutos do 2º tempo

Foto: Reprodução/TV Bahia

O que seria o Ba-Vi da paz terminou como o Ba-Vi da vergonha neste domingo (18), no Barradão. Com 1x1 no placar e após 16 minutos de paralisação por causa de brigas, o jogo terminou aos 34 minutos do segundo tempo porque o Vitória não teve jogadores suficientes. A regra diz que a partida não pode continuar se um time tiver menos de sete jogadores em campo. Foi o que aconteceu, e de maneira proposital. A primeira confusão do jogo começou aos 4 minutos do segundo tempo, quando o Bahia empatou o jogo em cobrança de pênalti de Vinícius. Na comemoração, o meia tricolor fez uma dancinha estilo “créu” e gesto de “cala a boca” direcionado para a torcida do Vitória. O goleiro Fernando Miguel não gostou e saiu em disparada segurando o jogador do Bahia e bradando com ele. Foi o início de uma briga generalizada em que Vinícius levou socos de Denilson, Yago e Kanu, e o volante Edson, do Bahia, deu um murro no lateral Bryan, do Vitória, além de outros jogadores envolvidos. O árbitro Jailson Freitas expulsou três jogadores do Vitória: Kanu, Denilson e Rhayner, todos titulares; e quatro do Bahia, sendo os titulares Lucas Fonseca e Vinícius, sendo que este não havia revidado nem tinha cartão amarelo, e os reservas Rodrigo Becão e Edson.

13 Dezembro 2017 - 23:09

Independiente cala Maracanã, segura empate contra Fla e leva Sul-Americana

Foto: Patrick Cassiano | Bahia Verdade

O Flamengo até fez uma grande partida nesta quarta-feira no Maracanã, mas não conseguiu mais do que um empate por 1 a 1 com o Independiente, que, dessa forma, ficou com o título da Copa Sul-Americana. Os argentinos tinham vencido o duelo de ida em casa por 2 a 1. Os cariocas contaram com grande atuação de Lucas Paquetá, que abriu o placar, e iam criando diversas oportunidades. Ainda assim, viram o adversário, que pouco fazia, empatar com um gol de pênalti convertido por Barco, que já está certo com o Atlanta United e fez sua última partida pela equipe. Na segunda etapa, os brasileiros foram para cima, mas viram o adversário conseguir neutralizar e manter a igualdade até o fim. O título representa o segundo do time de Avellaneda na competição – também havia vencido em 2010. O clube, que é o maior ganhador da Libertadores com sete troféus, agora iguala o Boca, como os únicos que conquistaram a Sul-Americana duas vezes. Além disso, a equipe argentina sagra-se campeão no Maracanã pela segunda vez. Em 1995, bateu o próprio Flamengo na decisão da extinta Supercopa da Libertadores. Os rubro-negros, por sinal, seguem sem vencer uma competição continental desde a Copa Mercosul de 1999. O time faz sua primeira decisão na Sul-Americana, torneio que existe desde 2002. Considerado um dos principais elencos do Brasil em 2017, o Flamengo fecha a temporada com o título do Campeonato Carioca e uma vaga na Libertadores de 2018, assegurada pelo Brasileirão.

 

11 Dezembro 2017 - 11:06

Eunápolis é campeã do Intermunicipal 2017

Foto: Ligeirinho do Esporte

A partida de volta da final do Intermunicipal, realizada na tarde de domingo (10), coroou a seleção de Eunápolis como a grande campeã. Numa campanha irretocável, os eunapolitanos conquistaram pela primeira vez a principal competição amadora do país, sofrendo apenas uma derrota em todo o campeonato. A montagem da seleção gerou um alto investimento, pois contava no elenco com jogadores renomados como Márcio Greyk, Lei e Mica, além de outras peças experientes como Ninho Malhador, Tiago Leal e Diego. Depois de ter goleado na ida por 5 a 0, desta vez a seleção de Eunápolis ficou no empate em 2 a 2 e ficou com o título. O troféu de campeão do Intermunicipal 2017 levou o nome do maior cantor de Reggae do Brasil, o baiano Edson Gomes. A atual campeã do Intermunicipal foi responsável pela eliminação da equipe de Ipiaú nas oitavas de final, quando o time ipiauense, após empatar na casa do adversário por 0x0, acabou perdendo no estádio Pedro Caetano por 1X0. (Giro/Romário Henderson)

01 Dezembro 2017 - 17:29

Copa do Mundo: Brasil vai pegar Suíça, Costa Rica e Sérvia na 1ª fase

Foto: Divulgação

Fifa realizou nesta sexta-feira o sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2018. A Rússia, que estava no pote 1 por ser a anfitriã do torneio, ficou no Grupo A ao lado de Arábia Saudita, Egito e Uruguai. O jogo de abertura entre russos e sauditas, no dia 14, será em Moscou. A seleção brasileira caiu no Grupo E e faz sua estreia no dia 17 de junho em Rostov contra a Suíça. Depois pega a Costa Rica no dia 22 de junho, em São Petersburgo, e fecha a primeira fase contra a Sérvia em Moscou, dia 27 de junho. Atual campeã do mundo, a Alemanha caiu no Grupo F ao lado de México, Suécia e Coreia do Sul. Os alemães podem enfrentar o Brasil nas oitavas de final da Copa do Mundo. Para isso acontecer, basta que um fique em primeiro e outro em segundo em suas respectivas chaves. A seleção da Argentina terá pela frente no Grupo D Islândia, Croácia e Nigéria. A estreia dos hermanos no Mundial da Rússia será contra a Islândia em Moscou, dia 16 de junho.
 

16 Novembro 2017 - 09:58

Corinthians vence Fluminense e é heptacampeão brasileiro

Foto: Rodrigo Gazzanel | Ag. Corinthians

O Corinthians é heptacampeão brasileiro! O Timão conquistou o sétimo título do Campeonato Brasileiro ao vencer o Fluminense por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (15), na Arena Corinthians, com três rodadas de antecipação. Assim, o Alvinegro se tornou o único a clube a vencer a competição em sete oportunidades desde a criação do campeonato, em 1971. Para deixar o feito ainda mais histórico, somente o Timão conseguiu levantar a taça do Brasileirão quatro vezes na era dos pontos corridos. A conquista fecha a temporada 2017 do Corinthians com chave de ouro. Desacreditado no começo do ano, Fábio Carille e jogadores jogaram contra tudo e contra todos e sagraram-se campeões paulistas com muitos méritos – não perdeu nenhum clássico e superou a Ponte Preta na final. No Brasileirão, com muita humildade e competência, o Corinthians passou o primeiro turno todo sem perder – somado às demais competições, foram 34 jogos invictos –, protagonizando o melhor turno da história do campeonato na era dos pontos corridos. Após um período com rendimento abaixo do esperado, a equipe correspondeu nos momentos decisivos e confirmou o título nacional.

10 Novembro 2017 - 18:11

Neymar encara maior vítima para terminar bem o ano e ser feliz na França

Foto: Reprodução

Há jogadores que encaixam com certos companheiros, se dão bem com determinados técnicos ou em estádios específicos. Combinações difíceis de explicar, mas bem-sucedidas. Uma delas é a de Neymar quando enfrenta o Japão. É gol atrás de gol. É o trunfo do atacante para elevar sua estatística em 2017 no penúltimo jogo da Seleção no ano, nesta sexta-feira, diante dos asiáticos, na cidade de Lille. No histórico de 81 partidas e 52 gols pelo Brasil, nenhum país sofreu tanto nas mãos, ou melhor, nos pés do atacante. O Japão sofreu sete desses gols, é sua maior vítima. Só no último confronto entre as equipes foram quatro, todos da goleada por 4 a 0, em outubro de 2014. Neste ano de 2017, Neymar entrou em campo seis vezes pela Seleção, sempre pelas eliminatórias. Fez dois golaços, um contra o Uruguai e outro em cima do Paraguai, mas passou em branco nas quatro rodadas finais, diante de Equador, Colômbia, Bolívia e Chile.

Com exceção do ano de sua estreia, em que só passou a ser convocado em agosto, depois da Copa do Mundo de 2010, por enquanto o atual é o mais modesto em número de gols. Isso não preocupa a comissão técnica. Até porque, desde que Tite assumiu o comando da equipe, o papel de Neymar mudou. Se antes ele era praticamente a única alternativa de brilho ofensivo, agora passou a ser uma peça da engrenagem que leva o Brasil aos gols. Tanto é que, em 2016, Gabriel Jesus e Philippe Coutinho fizeram mais gols do que ele (5x4), e nas eliminatórias o atacante do Manchester City terminou como artilheiro da Seleção (7x6). Coincidência. Desde que se transferiu do Barcelona para o PSG, Neymar não fez gols pela Seleção. Coincidência mesmo, daquelas citadas no primeiro parágrafo, de difícil explicação, embora a hostilidade da imprensa e de parte do público local sejam evidentes ao estilo do atacante brasileiro.

CONTINUE LENDO

10 Novembro 2017 - 12:23

Brasil vence amistoso contra Japão por 3 a 1

Foto: Reuters

O Brasil venceu o Japão por 3 a 1 nesta sexta-feira em amistoso disputado na cidade de Lille, na França. O jogo serviu como início de preparação para a Copa do Mundo 2018. Ambas as seleções já garantiram vaga no Mundial da Rússia. No primeiro tempo, Neymar abriu o placar após pênalti marcado com auxílio do árbitro de vídeo (VAR), aos 9 minutos. O camisa 10 ainda desperdiçou uma penalidade, defendida por Kawashima. Marcelo ampliou com um golaço de perna direita, em chute preciso de fora da área. E, após cruzamento rasteiro de Danilo, Gabriel Jesus decretou a vantagem de 3 a 0 na etapa inicial. No segundo tempo, o Brasil tirou o pé do acelerador e o Japão diminuiu com Makino, de cabeça. Enquanto os japoneses não contaram com o trio Kagawa, Honda e Okazaki, que foi preterido pelo técnico bósnio Vahid Halilhodzic, a seleção brasileira teve mudanças na equipe titular. Na defesa, Thiago Silva e Jemerson formaram a zaga e Danilo, que foi uma das principais opções ofensivas pela direita, ganhou chance na lateral direita, enquanto Fernandinho e Giuliano entraram nos lugares de Renato Augusto e Paulinho. Depois de derrotar o Japão, o Brasil enfrenta a Inglaterra na próxima terça-feira, em Wembley.

16 Outubro 2017 - 07:31

Bahia vence Corinthians por 2 a 0 e se afasta da zona de rebaixamento

Foto: Marcelo Malaquias / EC Bahia

O Bahia fez a festa da sua torcida e venceu o líder do Campeonato Brasileiro, o Corinthians, por 2 a 0, na noite deste domingo (15), na Arena Fonte Nova. Os gols do Tricolor foram marcados pelo meio-campo Vinicius, aos 26 minutos do segundo tempo, e por Régis, aos 48 minutos também do segundo tempo. Com o triunfo, o time do técnico Paulo César Carpegiani subiu para a 10ª posição na tabela de classificação com 35 pontos. O Bahia volta a jogar na próxima quinta-feira (19) contra o Flamengo, às 20h (horário da Bahia), no Rio de Janeiro.

10 Outubro 2017 - 12:15

Brasil encerra nesta terça-feira sua participação nas Eliminatórias contra o Chile

Foto: Reprodução

Jogar sem pressão, com a classificação garantida para a Copa do Mundo e em um local onde costuma se dar bem. Esse é o cenário da Seleção Brasileira para a despedida das Eliminatórias Sul-Americanas, nesta terça-feira (10), às 20h30, diante do Chile, no estádio Allianz Parque, em São Paulo. Entrar em campo na capital paulista sempre foi sinônimo de pressão para o Brasil, afinal, os torcedores de lá costumam ser bastante exigentes. Apesar disso, o retrospecto da equipe canarinho é ótimo quando o assunto é São Paulo. Ao todo, são 53 anos sem uma derrota. A última aconteceu 1964, contra a Argentina, pela Copa das Nações. Na história, são 67 jogos disputados, com 47 vitórias, 15 empates e só cinco derrotas. As últimas nove partidas na Terra da Garoa terminaram com triunfo brasileiro. E quem comemora o fato de se despedir do qualificatório dentro de casa é o atacante Gabriel Jesus, nascido na capital, assim como o volante Paulinho e o zagueiro Marquinhos. O camisa 9, revelado pelo Palmeiras, irá voltar a atuar no estádio onde conquistou o título do Brasileirão em 2016.

06 Outubro 2017 - 00:49

Equipes de futevôlei do Centro de Treinamento Edimundo Cairo dão show na cidade de Santana

Foto: Divulgação

No último domingo (01) a equipe de futevôlei do CTEC - Centro de treinamento Edimundo Cairo com sede em Livramento de Nossa Senhora, disputou um torneio na cidade de Santana, Região Oeste da Bahia.

Equipes de futevôlei do Centro de Treinamento Edimundo Cairo dão show na cidade de Santana

A partida aconteceu contra os profissionais do campeonato brasileiro, sendo campeão na série mista com a atleta Mirele e Barcelos, o terceiro lugar na série B com João Pedro e Gildão, o quarto lugar na série A com Júnior e Vitinho e um quarto lugar com na série B com Júnior e Marlone, a mesma equipe continua o treinamento intenso, pois almejam subir mais uma vez no pódio em novembro, desta vez na cidade de Montes Claros em Minas Gerais. 

28 Setembro 2017 - 00:13

Brasil em azul e branco!  Cruzeiro é penta da Copa do Brasil nos pênaltis

Foto: Guilherme Frossard

Após um empate sem gols, o Cruzeiro derrotou o Flamengo por 5 a 3, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, na noite desta quarta-feira, e sagrou-se assim campeão da Copa do Brasil pela quinta vez, igualando o número de conquistas do recordista Grêmio. Nas cobranças, Henrique, Léo, Hudson, Diogo Barbosa e Thiago Neves acertaram o alvo para o Cruzeiro. Guerrero, Juan e Trauco marcaram para o Flamengo, enquanto Diego parou nas mãos de Fábio. O time rubro-negro nem chegou a fazer a última cobrança. A cobrança de Neves gerou polêmica porque os flamenguistas alegaram que o cruzeirense deu dois toques na bola - ele escorregou no momento do tiro, o que deu a impressão de que um pé tocou na bola antes de o outro bater nela.

Brasil em azul e branco!  Cruzeiro é penta da Copa do Brasil nos pênaltis

Mas mesmo as imagens da televisão não deixam claro se o toque duplo aconteceu. A partida anterior havia terminou 1 a 1 de forma que nova igualdade levaria a decisão para os pênaltis. Campeão, o Cruzeiro assegurou vaga na Copa Libertadores de 2018 e embolsará mais R$ 6 milhões de premiação. Pela participação nas fase anteriores, a equipe da Toca da Raposa já tinha acumulado R$ 6,8 milhões.  O título ainda significará um adicional de R$ 500 mil da Caixa, por conta de uma cláusula que prevê essa bonificação do patrocinador do clube em caso de troféu. A última vez que faturou a Copa do Brasil tinha sido em 2003 justamente no Mineirão e numa final contra o Flamengo. Vice-campeão, o time rubro-negro receberá R$ 2 milhões de premiação (já tinha acumulado R$ 3,75 pela participação nas outras fases).

15 Setembro 2017 - 17:36

Tite convoca Seleção Brasileira para as eliminatórias contra Bolívia e Chile

Foto: CBF

O técnico da Seleção Brasileira, Tite, divulgou hoje (15), na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio, a Seleção Brasileira que vai disputar os dois últimos jogos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Fifa, que será realizada na Rússia em 2018. O treinador anunciou a lista de 24 jogadores selecionados para enfrentar a Bolívia no dia 5 de outubro, em La Paz, e o Chile, no 10 de outubro, no Estádio Allianz Parque. Após divulgar a lista dos convocados, Tite comentou as novidades da lista de atletas. Entre elas, o volante Arthur, do Grêmio, e o atacante Diego Tardelli, do Shandong Luneng.  “Quando fui assistir ao jogo (entre Grêmio e Botafogo), quis ver a atmosfera da competição.  É um garoto jogando com uma naturalidade, fora de casa, com nível de concentração muito alto. Não posso fechar portas para um atleta num setor onde ele é importante, mesmo sendo jovem. Não sei se daqui a nove meses ele terá uma confirmação. Sempre faço a comparação com o Gabriel Jesus, que também surgiu cedo”, disse Tite sobre as qualidades do jogador Arthur.

O técnico também explicou a escolha por Diego Tardelli, que tem experiência na Seleção Brasileira.

“Diego Tardelli tem uma história na Seleção muito boa. Enfrentei ele no Atlético-MG, era um terror para jogar contra. Números extremamente expressivos. Nos últimos quatro meses, foram 11 gols em 13 jogos.  Ele Joga como centroavantede,” disse.

Confira os nomes dos convocados:

Goleiros

Alisson - Roma (Itália)
Cássio - Corinthians (Brasil)
Ederson - Manchester City (Inglaterra)

Defensores

Dani Alves - PSG (França)
Danilo - Manchester City (Inglaterra)
Filipe Luís - Atlético de Madrid (Espanha)
Jemerson - Monaco (França)
Marcelo - Real Madrid (Espanha)
Marquinhos - PSG (França)
Miranda - Inter de Milão (Itália)
Thiago Silva - PSG (França)

Meio-campistas

Arthur - Grêmio (Brasil)
Casemiro - Real Madrid (Espanha)
Diego - Flamengo (Brasil)
Fernandinho - Manchester City (Inglaterra)
Fred - Shakhtar Donetsk (Ucrânia)
Paulinho - Barcelona (Espanha)
Philippe Coutinho - Liverpool (Inglaterra)
Renato Augusto - Beijing Guoan (China)
Willian - Chelsea (Inglaterra)

Atacantes

Diego Tardelli - Shandong Luneng (China)
Firmino - Liverpool (Inglaterra)
Gabriel Jesus - Manchester City (Inglaterra)
Neymar Jr. - PSG (França)

CONTINUE LENDO