BUSCA PELA CATEGORIA "Política"

24 Abril 2018 - 10:04

PT reafirma candidatura de Lula para presidência da República

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O Diretório Nacional do PT se reuniu nesta segunda-feira (23), em Curitiba, para definir as próximas ações do partido. Em nota, reiterou a inocência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o registro oficial da candidatura dele em 15 de agosto. Antes, o PT indicará, em 28 de julho, o nome de Lula como o candidato da legenda para as eleições presidenciais de outubro. O ex-presidente está detido, na Superintendência da Polícia Federal de Curitiba, desde o último dia 7. Ele foi condenado a 12 anos e um mês por corrupção e lavagem de dinheiro.De acordo com o PT, mesmo preso, Lula será candidato. O partido pretende conclamar várias frentes em defesa da candidatura do ex-presidente. Paralelamente, serão lançadas ações nas redes sociais e nas ruas. Também serão mantidos o acampamento e a vigília, na capital paranaense, denominados Lula Livre em Curitiba.

15 Abril 2018 - 11:40

Após prisão, Lula perde votos e Bolsonaro e Marina Silva empatam, segundo Datafolha

Foto: Reprodução

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mesmo após a prisão, lidera a corrida à Presidência da República com 31% das intenções de votos no melhor cenário. Apesar da liderança, o petista viu a diferença diminuir em relação aos seus principais adversários após ser preso pela Operação Lava Jato, segundo pesquisa divulgada no início da madrugada deste domingo (15/4), pelo Datafolha. No fim de janeiro, no levamento anterior, o petista tinha até 37%. O levantamento divulgado neste domingo é o primeiro após Lula ter sido preso. A pesquisa também mostrou que os pré-candidatos Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) herdam dois de cada três apoiadores do ex-presidente. Nos cenários sem Lula, o deputado Jair Bolsonaro (PSL) aparece com 17% das intenções de voto, empatado tecnicamente com Marina Silva (Rede), entre 15% e 16%. A pesquisa foi realizada entre quarta-feira (11/4) e sexta-feira (13/4) – Lula foi preso no sábado, 7, após se entregar na sede da Polícia Federal, em Curitiba. O PT ainda considera o ex-presidente candidato do partido ao Planalto e diz que irá registrá-lo dia 15 de agosto. A condenação em segunda instância, no entanto, faz com que ex-presidente se enquadre na Lei da Ficha Limpa. O registro depende de aprovação do Tribunal Superior Eleitoral. O Datafolha traçou 9 cenários na corrida presidencial.  Lula aparece em três deles e oscila entre 30% e 31%, à frente do deputado Jair Bolsonaro (PSL), que varia entre 15% e 16%, e Marina Silva (Rede), com 10%. Nos outros seis cenários, sem a presença do ex-presidente Lula, Bolsonaro e Marina Silva aparecerem tecnicamente empatados. O deputado federal lidera com 17% e a ex-ministra oscila entre 15% e 16%. Em todos os cenários, o instituto de pesquisa colocou o nome do ex-ministro do STF Joaquim Barbosa, apontado pelo seu partido, o PSB, como pré-candidato ao Planalto. Barbosa, que ainda não admitiu publicamente se será ou não candidato, oscila entre 8% e 10% das intenções de voto. Já o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, pré-candidato do PSDB, aparece com 6% e até 8% no melhor dos cenários.

14 Abril 2018 - 15:57

Jair Bolsonaro é denunciado pela PGR por racismo

Foto: Reprodução/ Agência Câmara

A Procuradoria Geral da República apresentou denúncia nesta sexta-feira (13) contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), pré-candidato à Presidência da República, pelo crime de racismo. O crime de racismo é inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão de 1 a 3 anos mais multa. Na denúncia, Dodge pede que Bolsonaro pague R$ 400 mil por danos morais coletivos. A acusação contra Jair Bolsonaro é referente a supostas ofensas proferidas por ele contra a população negra e indivíduos pertencentes às comunidades quilombolas, durante palestra no Clube Hebraica, no Rio de Janeiro, em abril do ano passado. Na ocasião, Bolsonaro disse que, se for eleito presidente em 2018, não destinará recursos para ONGs e que não vai ter “um centímetro demarcado” para reservas indígenas ou quilombolas. “Se depender de mim, todo cidadão vai ter uma arma de fogo dentro de casa. Não vai ter um centímetro demarcado para reserva indígena ou para quilombola”, afirmou à época. O pré candidato, na época, ainda revelou que  foi num quilombo e o afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas. Não fazem nada! Eu acho que nem para procriador ele serve mais. Mais de R$ 1 bilhão por ano é gastado com eles”. Na denúncia, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirma que a conduta de Bolsonaro viola a Constituição e que é “inaceitável”, sobretudo, segundo ela, por se tratar de um parlamentar.

11 Abril 2018 - 12:16

Marido da cantora Simone, da dupla com Simaria, se filia ao PDT de Ciro Gomes, no Ceará

Foto: Divulgação

No momento, ele é dono de um dos principais escritórios para agenciar influenciadores digitais no país. Mas, parece que Kaká Diniz tem procurado também novos horizontes. Prova disso é que o marido da cantora Simone, da dupla com Simaria, acaba de se filiar ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), segundo divulgado pelo colunista Leo Dias, do jornal O Dia.  De acordo com a publicação, a intenção do empresário não se candidatar para nenhum cargo político e apenas aceitou um convite do ex-governador do Ceará, Cid Gomes, que é amigo e padrinho de casamento dele. Ainda de acordo com o colunista, embora tenha pertencido a outro partido por 7 anos, no momento o foco de Kaká é apenas seu escritório. No entanto, a imprensa do Ceará afirma que o empresário como um dos principais nomes para concorrer a uma vaga à Câmara Federal por causa da sua visibilidade nas redes sociais. ”Não foi o que Deus deu a ele, o que a genética deu a ele ou a bênção de um casamento fez. O Kaká tem um milhão de seguidores no Instagram, no Brasil inteiro. Desse número, metade é no estado do Ceará”, disse Cid Gomes.

10 Abril 2018 - 00:03

Nelson Leal confirma ingresso no PP; PSL fica sem deputados na AL-BA

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

O deputado estadual Nelson Leal confirmou na última sexta-feira (06) que vai se filiar ao PP. O martelo foi batido após reunião do parlamentar com lideranças políticas de sua base eleitoral. Em entrevista ao Bahia Notícias, Leal disse que estava conversando com a sigla há mais tempo e que chega ao partido para trabalha pela reeleição do governador Rui Costa, do vice João Leão, além da eleição de Jaques Wagner e do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Angelo Coronel, ao Senado. “Vamos trabalhar para vencer a eleição em primeiro turno”, afirmou. Leal concorrerá a um novo mandato na AL-BA. Com a ida do deputado para o PP, o PSL fica sem parlamentares na Casa. Recentemente, Marcelo Nilo, Alan Castro, Manassés já tinham se desfiliado. Nilo foi para o PSB; Castro e Manassés para o PSD. Na sexta, além de Leal, Reinaldo Braga também saiu quando também nunciou filiação ao PR. 

08 Abril 2018 - 10:25

Prefeito de Feira de Santana renuncia cargo e vai ser candidato ao Governo do Estado

Foto: Reprodução

José Ronaldo (DEM) anunciou que deixa o cargo de prefeito de Feira de Santana para concorrer ao governo do estado da Bahia nas eleições de outubro. A decisão foi anunciada oficialmente durante entrevista coletiva realizada na manhã de sábado (07), onde José Ronaldo esteve ao lado do prefeito da capital baiana, ACM Neto (DEM). Quem assume a gestão municipal é o vice de Feira de Santana, Colbert Martins Filho. José Ronaldo estava no quarto mandato como prefeito, reeleito pela última vez em 2016. Os dois primeiros mandatos ele exerceu de 2001 a 2008. Ele já disputou o cargo de senador na eleição de 2014, mas não se elegeu. Foi vereador em Feira de Santana, deputado estadual e deputado federal. José Ronaldo tem 66 anos e é administrador de empresas. O vice-prefeito Colbert Martins Filho é médico e tem 65 anos. Ele já foi candidato a prefeito de Feira de Santana em três oportunidades, mas não se elegeu. Foi deputado estadual e deputado federal. Também foi sub-secretário de saúde do estado e é professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).

06 Abril 2018 - 10:37

Recém-exonerado da Seagri, Vitor Bonfim deve deixar PDT e seguir para PR

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

O agora ex-secretário da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura, deputado Vitor Bonfim deve trocar o PDT pelo PR. Em entrevista ao Bahia Notícias na manhã desta sexta-feira (6), o presidente do PDT na Bahia, Félix Mendonça Junior, afirmou que não está sabendo de nada. “Comigo ele não comentou nada. Só perguntando a ele”, disse. Questionado se a possível desfiliação soaria como falta de ética do parlamentar, Félix disse que sim. Procurado pela reportagem, Bonfim não atendeu as ligações. Já o presidente do PR-BA, José Carlos Araújo, contou ao BN que o próprio Bonfim procurou primeiramente o deputado José Rocha (PR) e, posteriormente, o procurou. “Falta assinar a ficha de filiação. Só depende dele”, apontou.

16 Março 2018 - 18:12

ACM Neto nega que conversa com Bolsonaro tenha envolvido eleições 2018

Foto: Valter Pontes

O presidente nacional do Democratas, ACM Neto, negou nesta sexta-feira (16) que a conversa entre ele e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), pré-candidato à Presidência da República, tenha tido como tema as eleições de 2018. O prefeito de Salvador assegurou que “não houve reuniões a portas fechadas ou conversas que tratassem [de uma pauta específica]”. “Foi uma conversa muito rápida. Eu, como presidente nacional do Democratas, não posso evitar o diálogo com quem quer que seja. Da mesma forma que eu posso conversar com Bolsonaro, eu posso conversar com qualquer outro pré-candidato a presidente da República. O que não quer dizer que eu concordo com o que eles pensam integralmente, que vou aderir as bandeiras defendidas por eles. Mas eu não vou deixar de conversar e de dialogar, porque a política se faz exatamente com essas bases, do diálogo, da conversa e do entendimento”, garantiu ACM Neto ao Bahia Notícias. Ambos foram deputados federais simultaneamente entre 2003 e 2012 e, segundo o prefeito de Salvador, não houve uma pauta que envolvesse também a candidatura do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), ao Palácio do Planalto. “Apenas foi uma conversa de cordialidade, ele me cumprimentou por ter assumido a presidência nacional do Democratas e trocamos algumas impressões rápidas sobre o cenário político, porém nada que possa suscitar maiores especulações por parte da imprensa”, afirmou.
 

09 Março 2018 - 08:14

ACM Neto é eleito presidente nacional do DEM

Foto: Divulgação

Em convenção realizada na quinta-feira (8) em Brasília, o DEM aprovou sua nova cúpula e elegeu presidente nacional da legenda o prefeito de Salvador ACM Neto. Ele vai substituir o senador José Agripino (RN), que ficou sete anos no comando do partido. Em dezembro, Agripino se tornou réu no Supremo Tribunal Federal (STF) sob a acusação de corrupção e lavagem de dinheiro. A convenção acontece em um auditório na Câmara dos Deputados. A previsão é que durante o evento também ocorra o lançamento da pré-candidatura do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ), à presidência da República. Se confirmada a candidatura de Maia, será a primeira vez depois das eleições de 1989 que o DEM lançará candidato próprio à presidência. Integrante da base do presidente Michel Temer, o DEM tenta se descolar do Palácio do Planalto para viabilizar o nome de Maia até junho, quando as legendas fazem as convenções para oficializar os candidatos que entrarão na corrida eleitoral. 
 

06 Março 2018 - 18:00

Lula segue na frente em nova pesquisa eleitoral; sem petista, Bolsonaro lidera

Foto: Reprodução

Na pesquisa estimulada, o petista lidera o cenário com 33,4%, seguido do deputado  Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que marcou 16,8%, e Marina Silva, com 7,8%. O tucano Geraldo Alckmin teria 6,4% no cenário com Lula na disputa, seguido de Ciro Gomes (PDT), com 4,3%. Já os senadores Álvaro Dias (Podemos-PR) e Fernando Collor (PTC-AL) marcariam 3,3% e 1,2%, respectivamente. A pesquisa ainda aponta o presidente Michel Temer com 0,9% das intenções de voto, seguido de Manuela D´Ávila (PCdoB), com 0,7%, e Rodrigo Maia (DEM-RJ) com 0,6%. O nome do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), não foi incluído na pesquisa. Sem Lula, Bolsonaro lidera todos os cenários pesquisados para o primeiro turno. O deputado aparece na pesquisa com uma média de 20% das intenções de votos em três situações, onde o PT substitui Lula pela candidatura do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, que aparece com, no máximo, 2,4% das intenções de voto. Marina Silva é a que mais se aproxima de Bolsonaro em uma eleição sem Lula, chegando a 13,9% das intenções de voto. Sem Lula, Alckmin aparece com 8,7%. Já Ciro fica com 8,1%; Temer, 1,3%; e Maia varia entre 0,8% a 1,4%.

Por Giro em Ipiaú

02 Março 2018 - 18:19

Jovem de 17 anos acusado de assaltar loja no centro de Jequié é apreendido

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um jovem de 17 anos foi apreendido nesta quinta-feira (01/03) pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Jequié. O menor é acusado de roubo e tráfico de drogas. Segundo informou o delegado Ivan Lessa, as investigações apontaram o menor como o autor do roubo registrado na loja Closet Store, localizada no centro de Jequié, no último dia 27 de fevereiro. O jovem foi apreendido no bairro Joaquim Romão, numa ação que contou com o apoio da PM. Na delegacia, diante das provas, o suspeito teria confessado o crime. Com ele foram apreendidos três aparelhos celulares, 7 trouxas de maconha, 71 pedras de crack um simulacro de arma de fogo.

04 Fevereiro 2018 - 10:58

Temer estipula prazo para decidir se concorre à reeleição

Foto: Reprodução

O presidente Michel Temer (MDB) definiu um prazo para decidir se concorrer à reeleição: março. De acordo com a Expresso, da Época, ele espera que até lá a rejeição ao seu nome tenha descido. Temer sempre hesitou em permitir o aumento da exposição de Marcela Temer a fim de tornar seu governo mais simpático. Diante dos números da pesquisa, está inclinado a rever essa posição. Ela pode ser escalada para defender a gestão do marido.

24 Janeiro 2018 - 00:35

Homem armado invade delegacia, deixa carcereiro em cela e mata preso em Itiruçu

Foto: Blog Itiruçu Online

Na madrugada de segunda-feira (22), um homem armado invadiu a Delegacia de Itiruçu, no sudoeste da Bahia, e matou um preso que estava custodiado na unidade, após este ter sido preso em flagrante, na noite de domingo (21), na companhia de uma jovem de 27 anos. Os dois foram autuados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma, após serem flagrados com 300 pinos de cocaína e uma arma. Em entrevista ao G1, a delegada Viviane Rosa, substituta do município, disse que  o carcereiro foi rendido e preso em uma das celas. Disse, ainda, que o homem que invadiu a delegacia já chegou ao local em busca do rapaz que morreu, identificado como Rosenildo Santos Barbosa. Conforme a delegada, o preso era natural do município de Cravolândia e estava em Itiruçu há cerca de dois meses. Ele já tinha passagem por homicídio e havia deixado o Conjunto Penal de Vitória da Conquista, onde cumpriu pena pelo crime, em novembro.

13 Dezembro 2017 - 08:54

Denunciada, mãe de Safadão deixa cargo de vice-prefeita para se dedicar a carreira do filho

Foto: Arquivo Pessoal

A mãe do cantor Wesley Safadão, Dona Bil, renunciou nesta terça-feira (12) ao cargo de vice-prefeita da cidade de Aracoiaba, no Ceará. Em sua carta de renúncia, ela alegou que vai se dedicar à carreira do filho. Dona Bil foi eleita em 2016 e chegou a ser afastada após denúncia de abuso de poder, mas voltou ao cargo por meio de uma decisão liminar do TSE. "Deixo claro, neste ato de renúncia, que a motivação de minha renúncia se reveste, única e exclusivamente, na necessidade de cuidar de forma mais próxima dos negócios da família e de forma mais especial dedicar meu carinho à carreira do meu filho, o cantor Wesley Safadão", escreveu a mãe do cantor. No documento, ela afirma que vai manter atuação na política de Aracoiaba, mas sem exercer cargos elegíveis.

09 Dezembro 2017 - 13:19

Ministro Antonio Imbassahy pede para sair do governo Temer

Foto: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados

O ministro da articulação política, Antonio Imbassahy (PSDB-BA), pediu nesta sexta-feira (08) para deixar o governo. O pedido de exoneração foi aceito pelo presidente Michel Temer. Na carta que oficializa o pedido, Imbassahy escreveu que vai continuar contribuindo com a gestão Temer na Câmara. Ele reassumirá o mandato de deputado federal. A saída de Imbassahy do governo vinha sendo ventilada desde novembro, quando o PSDB iniciou o movimento de deixar a base aliada. Além disso, alguns partidos da sustentação do governo no Congresso tinham críticas com relação ao trabalho do agora ex-ministro. "Fazer parte do seu governo foi, para mim, uma honra. Atuar na articulação política em um período de radicalização pós-impeachment, com uma grande fragmentação partidária, em meio a enormes dificuldades econômicas e fiscais, representou um grande desafio", escreveu Imbassahy na carta a Temer.