BUSCA PELA CATEGORIA "Saúde"

08 Abril 2018 - 10:10

Confira agenda da CLIMEDI da próxima semana

Foto: Divulgação

05 Abril 2018 - 20:36

Livramento: Policlínica Dr. Edílson pontes inicia atendimento com oftalmologia

Foto: Divulgação | ASCOM PMLNS

A Policlínica Dr. Edílson Pontes em Livramento, passou a oferecer desde a última quarta-feira (04), mais uma especialidade para os usuários da rede de saúde do Município. A população vai contar com o serviço de oftalmologia, com o oftalmologista Clériston Spínola, médico que pertence ao quadro fixo do município. A implantação da especialidade amplia os serviços oferecidos na unidade de saúde, que atualmente dispõe de cardiologia, oftalmologia, psicólogo, fonoaudiólogo, fisioterapia e dentista. As consultas são marcadas através da Central de Marcação de Exames. Vale ressaltar que todos os equipamentos, do consultório oftalmológico foram adquiridos com recursos próprios do município. A Policlínica fica localizada na Rua Manoel Matias, em frente a Climedi.

04 Abril 2018 - 10:53

Governo Temer vai barrar abertura de cursos de Medicina

Foto: Reprodução

O governo Temer vai barrar, por cinco anos, a abertura de cursos de Medicina no país. De acordo com a Folha, a portaria será assinada ainda esta semana pelo ministro da Educação, Mendonça Filho.  “Houve uma expansão muito grande na abertura de cursos de Medicina. É preciso puxar o freio de mão para um balanço e para que possamos garantir a qualidade do ensino na área”, diz o ministro. De 2013 até o ano passado, o número de vagas saltou de 19 mil para 31 mil. A decisão já estava tomada desde o fim do ano passado, mas a resistência política à medida retardou a assinatura. A moratória tem o apoio das principais entidades médicas do país.

03 Abril 2018 - 15:52

Confira agenda da CLIMEDI desta semana

Foto: Divulgação

02 Abril 2018 - 22:35

Dica de  Dr. Ricardo Barbosa, sobre o uso de andadores

Foto: Divulgação

Doutor, explique para nós, como e o desenvolvimento motor das crianças normais?

O desenvolvimento motor da criança começa em aprender a sustentar o peso da cabeça (1 mês),rolar (2 meses), rastejar no chão (3 meses), engatinhar (4 meses), sentar-se com apoio (5 meses), sentar-se sozinha sem apoio (6 meses),  ficar de pé com e sem apoio (8 meses) e só então aprender a dar os primeiros passos (1 ano), mas pode demorar até 15 meses. Cada etapa é importante, pois um determinado grupo muscular é fortalecido, preparando-o para as necessidades futuras.

 

Doutor, podemos usar o andador para os bebês?

O andador para bebês é totalmente desaconselhado por ortopedistas, pois ele pode atrasar o desenvolvimento motor normal da criança, fazendo-a andar mais tarde e pode lesionar as articulações.Tanto que, em abril de 2007, o Canadá proibiu a comercialização desse tipo de equipamento. No Brasil, infelizmente, não há legislação que proteja a criança nesse caso. Porém acabou de sair uma liminar da justiça que proíbe o uso: (Clique aqui e veja)

A criança deve passar por todas as fases do desenvolvimento motor até aprender a andar sozinha e colocá-la no andador antes dela ser capaz de ficar de pé sozinha, mas com apoio, pode fazê-la andar até 3 mês mais tarde que o esperado.

Dica de  Dr. Ricardo Barbosa, sobre o uso de andadores

Doutor, o uso do andador pode provocar acidentes? 

No consultório, eu costumo a fazer uma comparação para que os pais entendam que é o seguinte: Pai e Mãe, Colocar um bebê num andador é como dar uma Ferrari a um adolescente: o risco de acidente é enorme. A literatura mostra que o andador é o equipamento infantil que mais provoca acidentes e lesões, em especial devido à velocidade que os bebês podem atingir. A maioria dos acidentes acontece quando o bebê encontra um degrau ou um obstáculo e o andador vira. Um simples sapato ou brinquedo no meio do chão já pode causar esse tipo de acidente. Outro perigo é a falsa sensação de segurança que o andador transmite a quem está tomando conta da criança. Em geral, a primeira parte do corpo do bebê a ser atingida em um acidente com andador é a cabeça, podendo haver traumatismos cranianos de diversas proporções, desde leves, sem consequências, até bem mais graves e, em casos extremos, fatais.

 

Doutor, quais são as consequências do uso do andador?

Colocar uma criança que ainda não consegue ficar de pé sozinha, mesmo que com apoio, num andador pode levar a lesões nas articulações dos membros inferiores, pois os músculos das pernas não estão devidamente fortalecidos. Além disso, o andador pode levar à má postura e à forma de pisar errado. Acriança se locomove de forma errada, sem apoiar completamente os pés no chão e criando, assim, uma informação incorreta sobre o que é caminhar para o cérebro, que está em desenvolvimento. Outro prejuízo diz respeito à atividade física: embora ganhe mais mobilidade, a criança gasta menos energia para alcançar o que lhe interessa.

 

Mas, doutor, o andador e totalmente contra indicado?

Não, O andador só é indicado para crianças com problemas neurológicos específicos, mas mesmo assim, um ortopedista deverá indicar o equipamento mais adequado para a altura e o peso dela.

 

Doutor, Como, então, os pais devem estimular o filho a andar?

A melhor maneira de estimulá-lo a andar é deixando-o solto, se aventurando e até tomando pequenos tombos. “Não devem ser puladas etapas”. “Os pais podem ajudar segurando a mão dos pequenos enquanto eles dão os passinhos”.

 

Confira agenda do Drº Ricardo Barbosa desta semana:

Terça-feira dia 03 na AME em Livramento.

Quarta-feira dia 04 na AME em Livramento.

Quinta-feira dia 05 na Clínica Nossa em Inúbia.

 Sexta-Feira dia 06 Clínica Espaço Fisio em Piatã.

Sábado dia 07 Clínica Saude vida em Abaíra.

27 Março 2018 - 13:32

Dicas de Dr. Ricardo Barbosa sobre as “pernas arqueadas” (Genu Varo) e “joelhos em tesoura” (Genu Valgo)

Foto: Divulgação

GENU VARO:

Toda criança nasce com as chamadas pernas arqueadas. Quando a criança inicia a marcha de forma precoce ou apresenta uma obesidade, a deformidade pode se tornar um pouco mais acentuada.

Dicas de Dr. Ricardo Barbosa sobre as “pernas arqueadas” (Genu Varo) e “joelhos em tesoura” (Genu Valgo)

GENU VALGO:

O período de maior itensidade ocorre entre os dois anos e meio até os quatro anos, em média.

Dicas de Dr. Ricardo Barbosa sobre as “pernas arqueadas” (Genu Varo) e “joelhos em tesoura” (Genu Valgo)

Marque uma consulta com seu Ortopedista. 
 

26 Março 2018 - 09:54

Confira agenda da CLIMEDI desta semana

Foto: Divulgação

22 Março 2018 - 13:23

Dica de Dr. Ricardo Barbosa sobre o risco da AUTOMEDICAÇÃO

Foto: Divulgação

Já parou pra pensar que você pode estar fazendo tudo errado no seu tratamento? Por diversas vezes deparamos com muitas pessoas que se automedicam (tomam um medicamento que foi bom para um conhecido que teve os mesmos sintomas, ou que já tomou por conta de outra dor etc), acontece que tomar medicamentos sem a prescrição médica é muito perigoso. É preciso lembrar também que os medicamentos no caso das dores na coluna não são tratamentos que vão atuar no problema, mas apenas na consequência, no caso a dor. As dores na coluna possuem as mais diferentes causas e quase sempre levam o paciente a sentir dor, mas tratar a dor sem tratar a causa é inútil, uma hora ou outra novas crises virão, e com a possibilidade de ser cada vez maiores.

Dica de Dr. Ricardo Barbosa sobre o risco da AUTOMEDICAÇÃO

Grande parte desses problemas são causados por disfunções mecânicas e para tal o tratamento deve envolver obrigatoriamente correção dessas disfunções. Podemos fazer uma comparação bem simples sobre os tratamentos da coluna, se você tem uma cárie e tem dor, não adianta tomar analgésicos sem cuidar do seu dente, ou seja, não adianta se medicar com os "antis" (inflamatório e analgésico) sem tratar a causa. Os medicamentos são recursos muito úteis, quando prescritos pelo médico e durante a crise, mas tratar a causa é fundamental.

20 Março 2018 - 22:44

Número de médicos no Brasil cresce mais de 600% em 5 décadas; má distribuição persiste

Foto: Divulgação

Em pouco menos de cinco décadas, o total de médicos no país aumentou 665%, enquanto a população brasileira cresceu, no mesmo período, 119%. Apesar do salto na quantidade de profissionais, a maioria deles permanece atuando em capitais e grandes centros urbanos, cenário que compromete o atendimento em municípios do interior do país. Os dados fazem parte da pesquisa Demografia Médica 2018, feita pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo com o patrocínio do Conselho Federal de Medicina e do Conselho Regional de Medicina de São Paulo. O levantamento conta ainda com informações de bancos de dados da Associação Médica Brasileira e da Comissão Nacional de Residência Médica. De acordo com o estudo, em janeiro deste ano, o Brasil registrou um total de 452.801 médicos – uma média de 2,18 profissionais para cada grupo de mil habitantes. O Sudeste é a região brasileira com maior densidade médica (2,81 profissionais para cada grupo de mil habitantes), contra 1,16 no Norte e 1,41 no Nordeste. Dados do levantamento demonstram que somente o estado de São Paulo concentra 28% do total de médicos no país. O Distrito Federal, por sua vez, é a unidade federativa com a média mais alta (4,35), seguido pelo Rio de Janeiro (3,55). Já o Maranhão mantém a menor densidade demográfica (0,87), seguido pelo Pará (0,97).

07 Março 2018 - 08:07

Dica do Dr. Ricardo Barbosa:  Voltas as aulas cuidado com as mochilas

Dr. Ricardo A. Barbosa – Ortopedia e Traumatologia. Realizando USG Músculo/Esquelético. CREMEB: 21087.

Dê preferencia às mochilas de rodinhas, ficando atenta a altura do puxador que deve ser ajustado de forma que as crianças e adolescentes fiquem com o braço estendido e postura ereta, deve trocar de lado a cada 10 minutos para balancear. Se escolher as mochilas convencionais, dê preferências de 2 alças, por que distribui o peso entre os dois ombros, alças largas e acolchoada.

Dica do Dr. Ricardo Barbosa:  Voltas as aulas cuidado com as mochilas

A largura da mochila, não pode ser maior que as costas. O peso da mochila nunca deve ser superior a 10% do peso corporal. Os principais exercícios são os de alongamento. Os calcados tem que seguir a tipologia dos pés (supinação, neutro ou pronação). Os formatos tem que garantir uma acomodação adequada, com volume disponível para os dedos se movimentarem livremente. Tenha capacidade de ajuste com atracadores ou fivelas. A sola com capacidade de amortecimento de impacto e que tenha uma boa estabilidade. Dê preferencia às palmilhas removíveis. A troca das meias tem que ser diária.

Dica do Dr. Ricardo Barbosa:  Voltas as aulas cuidado com as mochilas

AGENDA DA SEMANA: QUARTA 07/03/18 Ame Livramento; QUINTA 08/03/18 João Carlos Epifânio em Boquira; SEXTA 09/03/18 Sorriso Fácil em Oliveira dos Brejinhos e Clinica São Lázaro em Ibotirama.

28 Fevereiro 2018 - 22:46

Prefeito de Livramento se reúne com secretário estadual de Saúde Fábio Vilas boas

Foto: Divulgação

O Prefeito Ricardinho Ribeiro, Secretário de Saúde, Gerardo Junior e o Deputado Estadual, Marquinho Viana se reuniram nesta quarta-feira (28) com o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas Boas. Durante o encontro, o prefeito de Livramento tratou sobre parcerias entre a Prefeitura e o Governo do Estado, na busca de ampliar ainda mais o atendimento à população Livramentense. Ricardinho solicitou apoio ao secretário para firmar convênio de cirurgias eletivas, incluindo Ortopedia no Hospital Municipal. Segundo informações obtidas pelo Bahia Verdade, o Secretário Estadual de Saúde, Fábio Vilas Boas irá avaliar a viabilidade para desenvolver essa  ação no município.

21 Fevereiro 2018 - 07:55

Drª Stephane Spínola – Dermatologia Clínica, Cirúrgica e Estética

Foto: Divulgação

A Drª Stephane Spínola especialista no tratamento, orientação e prevenção de doenças da pele, unhas, cabelos e câncer de pele. Trabalha realizando os seguintes procedimentos; Cirurgia Dermatológica; Retirada de Nevus (Pintas); Lesão do câncer de pele; Medicina estética; Botox; Preenchimento de rugas; Depilação a laser; Microagulhamento; Peeling; Mesoterapia; Tratamento de Calvície; Tratamentos de Manchas, Tratamento de acne; e Rejuvencimento. A Drª Stephane Spínola atende em Livramento de Nossa Senhora nas seguintes Clínicas:
Clínica São Lucas: 77 3444-2361
Clínica Santa Rita: 77 3444- 2106
Clínica AME: 77 3444-5389
Climedi: 77 3444 – 2438
IMAC: 77 3444- 5205

20 Fevereiro 2018 - 08:24

Governo federal retém R$ 31 bi em gastos para saúde

Foto: Patrick Cassiano | Bahia Verdade

Em um período de 15 anos, o governo federal reteve R$ 31,25 bilhões de gastos para a área de saúde pública. Os recursos estavam previstos no Orçamento da União destinados ao setor, porém, na prática, foram cancelados ou não foram executados. De acordo com levantamento do Estadão, com o aporte seria possível custear, durante um ano, 10.416 das mais complexas unidades de Pronto-Atendimento (UPAs), com nove médicos em serviço. Além disso, daria para pagar 161 milhões de sessões de hemodiálise e 70,5 milhões de partos normais e permitir a compra de 379 mil ambulâncias. A quantia retida é equivalente a um quarto de todo o Orçamento do Ministério da Saúde para este ano. Mesmo não pagas ao fim de cada ano, as despesas permitiram que o governo comprovasse a aplicação obrigatória de recursos para o segmento, conforme prevê a Constituição Federal.

18 Fevereiro 2018 - 20:11

Confira agenda da CLIMEDI desta semana