Brasil

Temer diz que ataque a Lula cria instabilidade e que ameaça a Fachin não pode acontecer

28 Março 2018 - 22:55

Temer diz que ataque a Lula cria instabilidade e que ameaça a Fachin não pode acontecer

Foto: Beto Barata/PR

O presidente Michel Temer (MDB) lamentou hoje (28), em post feito no Twitter, o ataque sofrido pela caravana do ex-presidente Lula (PT), no Paraná. No texto, o emedebista afirmou que desde que assumiu o governo tem dito que “essa onda de violência” e de “clima de uns contra os outros” não pode continuar. As ameaças à família do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), também foram lembradas pelo presidente. Em entrevista à rádio Band News de Vitória, no Espírito Santo, Temer disse que a ameaça a um ministro “não pode acontecer no país”.  De acordo com ele, o clima está “muito ruim” e o governo federal está “tomando todas as providências para que não haja conflito”.

Comentários

Deixe seu comentário

Mais notícias