Saúde

Dom Basílio agora tem complexidade no cuidado na atenção domiciliar

14 Maio 2019 - 10:38

 Dom Basílio agora tem complexidade no cuidado na atenção domiciliar

(Foto: Divulgação | Ascom)

Atender o paciente na própria moradia, de acordo as necessidades do paciente, desde o atendimento das equipes de Saúde da Família/ Atenção Básica até os casos de maior complexidade, nesse caso com as equipes multiprofissional de atenção domiciliar (EMAD) e de apoio (EMAP), dos Serviços de Atenção Domiciliar (SAD) – Melhor em Casa. Essa é uma realidade em Dom Basílio. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde vem se destacado nessa forma de atenção à saúde com vistas a promoção de saúde, prevenção, tratamento de doenças e reabilitação. Os profissionais do SAD de Dom Basílio vêm passando por sucessivas capacitações em hospitais de referência no Brasil, como o Hospital Alemão Osvaldo Cruz (HAOC) e o Hospital Israelita Albert Einstein. No último mês, o fisioterapeuta Lucas Tales participou de mais uma etapa de qualificação, realizada no HAOC, na cidade de São Paulo. Recentemente, o município passou a integrar o projeto Complexidade do Cuidado na Atenção Domiciliar (CCAD – 2018/2020). Na prática, o objetivo é qualificar a gestão, os processos de trabalho e as equipes dos Serviços de Atenção Domiciliar (SADs). “Isso vai possibilitar o aumento da complexidade do atendimento ofertado à população”, esclarece o prefeito Roberval Meira. O município de Dom Basílio foi contemplado na primeira chamada. O próximo compromisso já tem data: dias 11 e 12 de junho, em Pelotas, onde será possível visitar e conhecer a estrutura do SAD do município gaúcho. O secretário de Saúde, Valmor Félix explica que “a escolha de Dom Basílio para o projeto se deu em razão de demonstrarmos interesse e porque desenvolvemos um programa referência na região”, detalhou.

 Dom Basílio agora tem complexidade no cuidado na atenção domiciliar

(Foto: Divulgação | Ascom)

Comentários

Deixe seu comentário

Mais notícias