Brasil

Professor de catequese é suspeito de estuprar 12 crianças da família dele

09 Julho 2019 - 19:02

Professor de catequese é suspeito de estuprar 12 crianças da família dele

Foto: Reprodução

Um professor de catequese é suspeito de estuprar 12 crianças da família dele, em Brasília, no Distrito Federal. Segundo informações do site Metropoles, quando os crimes aconteceram as crianças tinham entre 4 e 10 anos. Os abusos ocorriam em um quarto na casa dos pais do suspeito e, conforme a polícia, ele se valia da confiança que tinha dos familiares para ficar sozinho com as crianças, que são na maioria sobrinhos dele. “Ele falava que mostraria desenhos e jogar videogame e praticava os abusos, que variavam entre a prática de sexo oral, penetração anal. Além disso, ejaculava na boca das crianças e dizia que aquilo era bom para que elas crescerem fortes e saudáveis. Que era para eles aprenderem e, quando crescessem, praticar com as namoradas”, contou o delegado Douglas Fernandes de Moura. De acordo com as investigações, 11 das vítimas seriam meninos e uma seria mulher. A suspeita ainda é que ele tenha abusado de mais outras seis crianças, no entanto, os familiares ainda não procuraram a delegacia para depor. O suspeito ainda dava aula em uma escolinha de futebol. “Os abusos começaram ainda quando ele morava com a mãe: levava as crianças para lá quando não havia ninguém. Depois de casado, aproveitava os momentos em que a mulher estava fora para violentar as crianças”, afirmou o delegado.

Comentários

Deixe seu comentário

Mais notícias