Justiça

Ex-diretor da Defesa Civil de Salvador, Gustavo Ferraz tem pedido de liberdade negado pelo STJ

20 Setembro 2017 - 12:27

Ex-diretor da Defesa Civil de Salvador, Gustavo Ferraz tem pedido de liberdade negado pelo STJ

Foto: Reprodução

O ex-superintendente da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Gustavo Ferraz, teve o pedido de liberdade negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). A informação foi divulgada na noite da última terça-feira (19). Ferraz foi preso no início do mês, assim como o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), depois da descoberta de R$ 51 milhões em um apartamento na capital baiana. A defesa de Ferraz havia alegado que a prisão era ilegal, já que caberia ao Supremo Tribunal Federal (STF) pela relação com o deputado federal e irmão de Geddel, Lúcio Vieira Lima (PMDB). A defesa de Ferraz havia alegado que a prisão era ilegal, já que caberia ao Supremo Tribunal Federal (STF) pela relação com o deputado federal e irmão de Geddel, Lúcio Vieira Lima (PMDB). Na decisão do STJ, ministro Rogerio Schietti Cruz, respondeu: ”Embora o inquérito realmente tenha sido remetido ao STF em razão do envolvimento do deputado federal, enquanto não houver pronunciamento da Suprema Corte, o juízo inicialmente competente pode atuar até o limite de sua jurisdição – como foi o caso do decreto de prisão contra Gustavo Ferra”.