Justiça

Corregedor abre investigação sobre desembargadora que atacou Marielle

21 Março 2018 - 08:00

Corregedor abre investigação sobre desembargadora que atacou Marielle

Foto: Divulgação

O ministro João Otávio de Noronha, corregedor nacional de Justiça, determinou a abertura de procedimento para investigar a desembargadora Marília Castro Neves, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Segundo o blog de Fausto Macedo, no Estadão, a decisão foi motivada pelos ataques que a magistrada desferiu redes sociais à vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada a tiros na última quarta-feira (14). Entre outras coisas, Marília acusou Marielle de estar “engajada com bandidos”, ter sido “eleita pelo Comando Vermelho” e ter descumprido “’compromissos’ assumidos com seus apoiadores”. O PSOL e a Associação Brasileira de Juristas para Democracia haviam entrado no CNJ com duas representações contra a desembargadora.