BUSCA PELA CATEGORIA "Bahia"

17 Março 2021 - 22:40

Bahia oferece mais de 2 mil vagas de emprego em unidades de saúde para pacientes com Covid-19; confira

Foto: Carol Garcia/GOVBA

A reabertura de novos leitos clínicos e de UTI destinados aos pacientes infectados pela Covid-19 fomentou a geração de cerca de duas mil vagas de emprego no estado da Bahia. A oferta está concentrada nas áreas assistencial, administrativa e operacional e também em serviços de apoio, a exemplo de lavanderia, alimentação, segurança e higienização. Os candidatos serão lotados no Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova, Hospital Riverside e Hospital Metropolitano. De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), o Hospital Metropolitano, localizado em Lauro de Freitas, oferece o maior número de oportunidades de empregos. Serão 1.350 vagas para auxiliar administrativo, auxiliar de cozinha, auxiliar de higienização, auxiliar de suprimentos, enfermeiro, fisioterapeuta e técnico de enfermagem com contratação imediata. Os candidatos devem enviar currículo pelo site da unidade. Na unidade da Arena Fonte Nova, a oferta é para técnicos de enfermagem. Para participar do processo seletivo, os interessados podem encaminhar os currículos para as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), por meio do endereço de e-mail curriculo.hcafn@irmadulce.org.br. Para as vagas do Hospital Riverside, a forma de envio de currículos será divulgada em breve. “Nós temos previsão de abrir, ao longo das próximas três semanas, mais de 600 leitos hospitalares em toda a Bahia. Serão mais profissionais como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e assistentes sociais. Salvador, região metropolitana e várias cidades do interior do estado serão fortemente impactados positivamente pela abertura de leitos e pela injeção de recursos na economia local”, destacou o secretário de saúde estadual, Fábio Vilas Boas.

17 Março 2021 - 22:26

Policiais Civis da Bahia decidem participar de Lockdown da Segurança Pública

Foto: Fernando Vivas/GOVBA

Em assembleia virtual realizada na noite desta terça-feira (16), os Policiais Civis do Estado da Bahia deliberaram pela participação na mobilização nacional que será realizada para cobrar a vacinação dos trabalhadores da segurança e para demonstrar a insatisfação da categoria com a retirada de direitos imposta pela PEC 186. O Lockdown da Segurança Pública acontece nesta quinta-feira das 8h às 12h. Com isso, durante esse horário, a categoria estará de braços cruzados em toda Bahia, seguindo o movimento que também ocorrerá nos demais estados da região. “Nós decidimos aderir ao Lockdown da Segurança Pública para mostramos à sociedade o tratamento injusto que é dado às forças de segurança em todo o território nacional. O Governo Federal enviou ao Congresso um projeto para congelar salários e impedir promoções dos policiais. Os senadores e deputados, por sua vez, aprovaram parte desses ataques aos direitos dos servidores, imputando grandes prejuízos aos policiais”, comenta Eustácio Lopes, presidente do SINDPOC. Eustácio ainda lembra que os trabalhadores da Segurança convivem diariamente com os riscos da profissão e, diante da pandemia, mantiveram-se na linha de frente, pois exercem atividades essenciais. “Somos essenciais no combate ao crime e até mesmo no enfrentamento à covid-19, combatendo aglomerações e mantendo as delegacias abertas com todas as atividades funcionando, pois os criminosos não fazem quarentena. Mesmo assim, não tivemos nenhum tipo de reconhecimento, nem mesmo recebemos prioridade na vacinação, como aconteceu com os profissionais da saúde. Ao contrário disso, fomos duramente atacados com a retirada de direitos. Por isso, vamos fazer o Lockdown da Segurança Pública para mostramos nossa insatisfação e para cobrar que os policiais sejam prioridade no recebimento da vacina”, completa.

17 Março 2021 - 22:03

Bahia registra 4.749 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Foto: Divulgação

O boletim epidemiológico da Secretária de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), registrou nesta quarta-feira (17), 4.749 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Dos 753.584 casos confirmados desde o início da pandemia, 722.302 já são considerados recuperados, 17.693 encontram-se ativos. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.082.228 casos descartados e 176.195 em investigação. Hoje foram registradas 130 mortes, sendo o segundo maior número de óbitos em 24h. O maior número foi registrado em 26 de fevereiro de 2021, quando foram contabilizados 137 óbitos. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 13.589, representando uma letalidade de 1.80%. Dentre os óbitos, 55,98% ocorreram no sexo masculino e 44,02% no sexo feminino.

16 Março 2021 - 21:31

Rui Costa anuncia programa social que prevê apoio a famílias de baixa renda

Foto: Fernando Vivas/GOVBA

O governador Rui Costa anunciou nesta terça-feira (23), o lançamento do “Programa Estado Solidário”, que prevê apoio financeiro a famílias de baixa renda no estado. Entre as medidas vinculadas à educação está a bolsa para 52 mil alunos da rede estadual que queiram atuar como monitores, três meses de pagamento de auxílio alimentação, a partir de 23 de março, além da bolsa de R$ 150 para famílias de alunos da rede estadual que estão no CadÚnico. Segundo o governador, o projeto de lei que prevê a bolsa aos alunos que desejem ser monitores já foi aprovado junto à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). “A primeira, e que graças a Deus a Assembleia já aprovou, é o apoio de monitoria. Cinquenta e dois mil monitores que já estão sendo selecionados. Se você é aluno da rede estadual, poderá se inscrever. Procure as informações na sua escola. São 52 mil alunos que receberão ate dezembro uma bolsa para que possa apoiar seus colegas. Nesse momento, o apoio pode ser via whatsapp, marcando um encontro na escola, via internet, para a gente compartilhar conhecimento e esclarecer duvidas de alunos. Esses monitores servirão de apoio para que a gente recupere o tempo perdido e possa acelerar esse ano e fazer dois anos em um”, disse.

16 Março 2021 - 21:17

Profissionais da educação e da segurança pública serão vacinados com primeiro lote da Sputinik V

Foto: Sesab

O secretário estadual de saúde, Fábio Vilas-Boas, anunciou na manhã ddesta terça-feira (16), que as doses da vacina Sputinik V serão aplicadas em idosos acima de 60 anos, profissionais da educação e da segurança pública. De acordo com ele, as 37 milhões de doses da vacina Sputinik V adquiridas pelo Consórcio Nordeste, serão distribuídas de forma proporcional entre os estados da região. A previsão é de que as doses da vacina cheguem em Abril. “O primeiro lote que virá é em abril, dois milhões de doses. Nós teremos 27% dessa quantidade que será aplicada na população acima de 60 anos, profissionais de educação e de segurança, de modo a antecipar a vacinação desses grupos de risco e fazer com que a gente chegue mais rápido a uma cobertura vacinal que garanta uma queda mais sustentada da taxa de transmissão”, disse. Na noite de segunda-feira (15), o governador da Bahia, Rui Costa, anunciou a celebração do contrato junto ao Fundo Soberano Russo para a compra de 9,7 milhões de doses da vacina Sputnik V.

16 Março 2021 - 20:49

Bahia registra 4.608 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Foto: Camila Souza / GOVBA

O boletim epidemiológico da Secretária de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), registrou nesta terça-feira (16), 4.608 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Dos 748.835 casos confirmados desde o início da pandemia, 718.002 já são considerados recuperados, 17.374 encontram-se ativos e 13.459 tiveram óbito confirmado. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.078.221 casos descartados e 174.695 em investigação. Além disso, foram registradas 118 mortes. Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizadas hoje. Dentre os óbitos, 56,04% ocorreram no sexo masculino e 43,96% no sexo feminino. Até às 15h de hoje haviam 477 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 186 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema.

15 Março 2021 - 08:59

Decreto que suspende atividades não essenciais é prorrogado na Bahia; saiba o que pode funcionar

Foto: Patrick Cassiano/Blog Regional

O decreto que suspende as atividades não essenciais no estado foi prorrogado até a próxima segunda-feira (22). Nas suas redes sociais, o governador da Bahia, Rui Costa, declarou no último domingo (14), que por meio de decisão conjunta entre prefeitos de Salvador e da Região Metropolitana, a suspensão será mantida na capital baiana, Lauro de Freitas, Camaçari, Dias D’Ávila, Madre de Deus, São Francisco do Conde São Sebastião do Passé e Simões Filho. Na ocasião, Rui informou que a medida não foi prorrogada nos municípios de Mata de São João, Itaparica, Vera Cruz e Pojuca. Nestas quatro cidades, atividades consideradas não essenciais estarão proibidas durante o período de 15 a 19/03, após as 17h. Os bares e restaurantes também poderão funcionar até às 17h, com serviço de delivery com funcionamento liberado até às 00h. Em 22 cidades da interior do estado, as medidas restritivas não foram prorrogadas. A partir desta segunda-feira (15) as atividades podem ser retomadas nos municípios de Caculé, Caetité, Candiba, Carinhanha, Feira da Mata, Guanambi, Ibiassucê, Igaporã, Iuiu, Jacaraci, Lagoa Real, Licínio de Almeida, Malhada, Matina, Mortugaba, Palmas de Monte Alto, Pindaí, Riacho de Santana, Rio do Antônio, Sebastião Laranjeiras, Tanque Novo e Urandi. A ação que tem como objetivo conter a proliferação do novo coronavírus e foi postergada em virtude da instabilidade do número da taxa de ocupação dos leitos de UTI destinados aos pacientes infectados pela covid-19. A medida do ‘toque de recolher’, com restrição do funcionamento de serviços não essenciais e da circulação de pessoas das 20h às 5h segue em vigor até o dia 1º de abril, na capital baiana e demais municípios do estado. Segue proibida ainda, até 1º de abril, a realização de eventos e atividades que envolvam aglomeração de pessoas, independente do número de participantes, como cerimônias de casamento, solenidades de formatura, feiras, circos, passeatas, eventos desportivos, científicos e religiosos, bem como aulas em academias de dança e ginástica.

Saiba o que pode funcionar no estado:

  • Supermercados, panificadoras, delicatessens e açougues;
  • Agências bancárias e lotéricas;
  • Farmácias;
  • Serviços públicos considerados essenciais;
  • Estabelecimentos que estejam funcionando em regime de delivery, sendo permitido o sistema de retirada no local e desde que mantidas as portas fechadas ao público;
  • Serviços de saúde e hospital dia;
  • Serviços de imagem radiológica;
  • Atendimentos de tratamentos contínuos como oncologia, hemoterapia e hemodiálise;
  • Laboratórios de análises clínicas;
  • Clínicas veterinárias e pets shops, à exceção do serviço de banho e tosa;
  • Estabelecimentos que fornecem insumos hospitalares;
  • Postos de combustíveis;
  • assistência técnica, exclusivamente de caráter emergencial e por meio de atendimento domiciliar, limitado ao máximo de 2 funcionários para cada atendimento;
  • construção civil, inclusive reformas, em imóveis não habitados, desde que os mesmos não estejam localizados em prédios ocupados;
  • hotéis, pousadas e demais estabelecimentos de alojamento, desde que os serviços ofertados, como alimentação, estejam disponíveis exclusivamente para os hóspedes;
  • oficinas mecânicas;
  • lojas de material de construção;
  • Entregas através de delivery serão permitidas até 00h, exceto bebidas alcóolicas.
  • Locomoção através de táxi ou transporte por aplicativo está permitida desde que, entre 20h e 5h, se justifique o deslocamento.

13 Março 2021 - 11:44

Governo da BA institui programa de apoio para universidades revalidarem diplomas de Medicina expedidos no exterior

Foto: Adriana Oliveira/TV Bahia

O governo da Bahia publicou neste sábado (13) um decreto que cria um programa de apoio às universidades públicas, para revalidação de diplomas de graduação em Medicina expedidos por instituições estrangeiras de ensino superior. De acordo com o decreto, o programa foi criado para a expansão do atendimento médico em meio à pandemia da Covid-19, "com especial atenção ao fenômeno conhecido como 'terceira onda'". Além disso, o documento afirma que o governo federal estabeleceu a meta de 2.5 médicos por mil habitantes no ano de 2020, mas que estudo realizado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) aponta que, na Bahia, a proporção é de 1.35 médicos por mil habitantes, sendo que há concentração de profissionais em Salvador (4.16 médicos por mil habitantes), em detrimento dos municípios do interior (0.68 médicos por mil habitantes). Nas cidades com até 50 mil habitantes, a concentração de médicos é ainda menor: 0,25 médicos por mil habitantes. A adesão ao programa é facultativa às universidades e poderá ser feito em qualquer momento, enquanto o decreto durar. As universidades que aderirem ao programa adotarão procedimento interno de revalidação, observada a legislação vigente. Além disso, ainda segundo o decreto, os procedimentos internos de revalidação deverão contar com programa de adaptação formativa que permita a integração teórico-prática e atenda aos seguintes parâmetros:  Verificação e desenvolvimento de competências, conhecimentos, habilidades e atitudes requeridas para o exercício profissional adequado aos princípios e às necessidades do Sistema Único de Saúde - SUS em nível equivalente ao exigido nas Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Medicina no Brasil, compreendida a realização de avaliação teórica e prática; Realização de avaliação processual e prática profissional para a aferição das competências adquiridas, mediante procedimento avaliatório horizontal, em serviço, sob supervisão médica; As instituições que se cadastrarem no programa receberão apoio da Secretaria da Saúde do EStado da Bahia (Sesab), com pagamento de bolsas. O decreto ainda determina que as despesas necessárias à implantação do programa serão pagas com recursos da dotação orçamentária da Secretaria de Educação (SEC) e da Sesab.

13 Março 2021 - 11:39

Trio suspeito de invadir e furtar mansões em Brasília é preso em rodovia do sul da Bahia

Foto: Divulgação/PRF

Três homens suspeitos de invadir e furtar residências na região do Lago Norte de Brasília (DF) foram presos enquanto passavam de carro pela BR-101, em trecho da cidade de Camacan, sul da Bahia. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), as prisões foram realizadas na noite de quinta-feira (11), duração ação em conjunto com a Polícia Militar (PM-BA). Além disso, informações repassadas pelas regionais da PRF em Goiás e Rio Grande do Norte auxiliaram na captura do trio. Ainda segundo a PRF, os suspeitos estavam sendo procurados em vários estados do Brasil e já respondem a inquéritos policiais por diversos crimes. Durtante as investigações, foi constatado que eles haviam fugido da capital federal em direção ao Nordeste, e estavam a bordo de um carro modelo Palio, de cor branca. Os policiais encontraram o veículo em trecho da BR-101, em Camacan, e deram ordem de parada. Os três ocupantes do carro foram consultados nos sistemas policiais utilizados pela PRF, quando foi confirmado tratar-se das pessoas apontadas como autores dos crimes registrados no Distrito Federal. Dentro do carro, os policiais encontraram vários pertences das vítimas, como relógios de luxo, perfumes, joias e aparelhos de telefone celular. Também foram apreendidos R$ 2.764 reais e US$ 7. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao trio e todos foram encaminhados à autoridade competente da Delegacia de Polícia Civil de Itabuna, também no sul da Bahia, para as providências cabíveis.

13 Março 2021 - 11:11

 Governo assina convênio com a Coelba para democratizar acesso à internet banda larga na Bahia

Foto: Camila Souza/GOVBA

Um convênio, assinado entre o Governo do Estado, por meio das secretarias de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e de Infraestrutura (Seinfra), com a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) e a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) dará novo impulso à universalização da internet banda larga em território baiano. O acordo, publicado no Diário Oficial de quarta-feira (10), permitirá a interiorização da rede de fibra ótica a serviço da Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI) utilizando a rede de transmissão elétrica, que oferece uma infraestrutura de postes para lançamentos de cabos. Assim, a iniciativa possibilitará às escolas e universidades do estado da Bahia internet banda larga de alta velocidade, bem como a futura utilização da rede por provedores locais, fazendo com que a população também receba internet de melhor qualidade em suas residências. Para a secretária estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Adélia Pinheiro, essa é uma oportunidade para que a tecnologia possa chegar em lugares que ainda não foram alcançados. "Quando surgiu a internet, ela cumpria um papel diferente, mas com o passar dos anos, levar conexão de qualidade à população, inclusive com o nosso foco para universidades e escolas, se tornou essencial. A nossa luta por uma Bahia inteiramente conectada reflete mais um dos compromissos do governador Rui Costa com a sociedade", afirmou, lembrando que o convênio firmado ajudará também na aceleração de projetos de conectividade que já estão sendo realizados nas cidades de Vitória da Conquista, Senhor do Bonfim, Guanambi, Itaberaba, Ilhéus e Itabuna, bem como cidades previstas para este ano (Irecê, Santo Antônio de Jesus, Barreiras e Juazeiro). "Em um momento de pandemia, as aulas presenciais foram substituídas pelas remotas. A internet se torna uma das principais ferramentas de educação em todo o mundo. O convênio permitirá o acesso mais rápido aos conteúdos disponíveis para as redes de ensino sob a responsabilidade do Governo da Bahia. A parceria entre as secretarias estaduais de Infraestrutura e de Ciência, Tecnologia e Inovação junto com a Coelba e a RNP facilitará a chegada de internet banda larga nas instituições de ensino e pesquisa no interior baiano", ressaltou o secretário de Infraestrutura do Estado, Marcus Cavalcanti.
 

13 Março 2021 - 11:00

Érico Cardoso: Recuperação da BA-903 beneficiará a região da Bacia do Paramirim

Foto: Divulgação

A BA-903, que liga Érico Cardoso a Paramirim, é muito utilizada para o escoamento da produção agrícola, principalmente do café, e da pecuária na região da Bacia do Paramirim. Os 17,4 km da rodovia baiana serão recuperados pela Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra). A publicação do aviso de licitação da obra saiu no Diário Oficial do Estado (D.O.E.) de quinta-feira (11). Os envelopes com as propostas da empresas interessadas na execução dos serviços estão previstos para serem abertos em 13 de abril. A via recuperada atenderá aos 31 mil moradores dos municípios de Érico Cardoso e Paramirim. O investimento da obra é de aproximadamente R$ 4,3 milhões. Outras ações também são realizadas pela Seinfra na região da Bacia do Paramirim. "A restauração dos 20 km do acesso a Rio do Pires, na BA-152, se encontra em fase inicial. Os serviços de manutenção no trecho de Paramirim em direção a Érico Cardoso estão em andamento e de Ituaçu até a Gruta da Mangabeira tem a previsão de serem iniciados no mês de abril" destaca Marcus Cavalcanti, secretário estadual de Infraestrutura.
 

11 Março 2021 - 17:09

Fábio Vilas-Boas afirma que Bahia vai comprar 10 milhões de doses da Sputnik V

Foto: Patrick Cassiano/Blog Regional

O secretário de Saúde Fábio Vilas-Boas informou em suas redes sociais, que a Bahia pretende negociar a compra de 10 milhões de doses da vacina russa Sputnik V. “O governador Rui Costa pretende fazer uma aquisição direta da Sputinik V. O contrato já foi produzido e a nossa intenção é de comprar 10 milhões de doses para a Bahia e para o Nordeste”, escreveu o secretário em seu twitter. Ontem foi sancionado um Projeto de Lei que permite a compra de vacinas por estados, municípios e setor privado. Além disso, o governador pediu celeridade à Procuradoria Geral do Estado (PGE) e à Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) para a aquisição dos imunizantes.

09 Março 2021 - 19:44

Bahia registra 4.650 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Foto: Divulgação/Sesab

O boletim epidemiológico da Secretária de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), registrou nesta terça-feira (9), 4.650 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Dos 720.068 casos confirmados desde o início da pandemia, 688.301 já são considerados recuperados, 19.032 encontram-se ativos e 12.735 tiveram óbito confirmado. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.057.748 casos descartados e 169.193 em investigação. Hoje foram registradas 103 mortes e o número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 12.735, representando uma letalidade de 1,77%. Dentre os óbitos, 56,06% ocorreram no sexo masculino e 43,94% no sexo feminino.

09 Março 2021 - 18:48

Lacen completa um ano de trabalho árduo na testagem de casos de Covid-19

Foto: Sesab

Mulher, 34 anos, residente na cidade de Feira de Santana, retornou da Itália em 25 de fevereiro, com passagens por Milão e Roma, onde aconteceu a contaminação. A paciente veio manifestar os sintomas depois de ter chegado ao Brasil. Esse foi o primeiro caso na Bahia confirmado de Covid-19 pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA), no dia 6 de março de 2020. As amostras foram coletadas na residência da paciente e analisadas pelo laboratório, que a partir de então foi autorizado a realizar os exames para detectar diretamente a Covid-19, sem necessidade de contraprova em laboratório de referência nacional. Um ano depois, o Lacen-BA contabiliza mais de 845 mil testes (RT-PCR) realizados. Para o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, os bons resultados são possíveis porque o Lacen-BA conseguiu se manter trabalhando desde a chegada da pandemia no Brasil. “Não ficamos dependendo apenas dos kits de testagem enviados pelo Ministério da Saúde. A Bahia fez aquisição de equipamentos e insumos com recursos próprios, até o mês de agosto, quando o Ministério passou a fornecer os insumos para a realização dos testes.” O quantitativo de testes para Covid-19 realizados pelo Lacen-BA coloca a Bahia em segundo lugar nacional no ranking de testagem, ficando atrás apenas de São Paulo. Para alcançar esse resultado, foram investidos em uma nova ala da unidade, onde são realizados os testes de biologia molecular, mais de R$ 5 milhões, em obras e equipamentos, ampliando a capacidade de 400 para cerca de 5.000 testes/dia. “A nova ala tornou o Lacen-BA o maior laboratório do País em capacidade de realização de exames da Covid-19, e foi idealizada de forma preventiva para o estado, ainda em janeiro, quando a China divulgou o início da pandemia mundial”, explicou o secretário da Saúde. A diretora-geral do Lacen-BA, Arabela Leal, acrescenta que foram comprados extratores, pipetadores, amplificadores, termocicladores, insumos, além de um sequenciador, equipamento que realiza o sequenciamento genético do vírus da Covid-19. Foi realizada a contratação de pessoal para ampliação do serviço e desse modo, a unidade passou a funcionar 24 horas, 7 dias por semana. “Tudo isso permitiu nossa ampliação e assegurou que não parássemos um único dia, trabalhando sem parar”, pontuou. Para Márcia São Pedro, diretora da Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), “o Lacen-BA tem uma papel muito importante na vigilância laboratorial, uma vez que o diagnóstico para os agravos de saúde pública vem sendo dado em tempo oportuno, o que permite à vigilância epidemiológica a identificação do caso, o monitoramento, o acompanhamento e a adoção das ações pertinentes para o controle daquele agravo na população”.

08 Março 2021 - 07:47

Bahia voltará a pagar vale-alimentação para 800 mil alunos da rede pública de ensino

Foto: Reprodução

O governador Rui Costa (PT) afirmou na manhã desta segunda-feira (8) que a Bahia tem 390 pacientes esperando para serem regulados no sistema de saúde. “A prefeitura de Salvador está abrindo leitos, nós abrimos a Fonte Nova, vamos abrir o Hospital Metropoliatano. Autorizamos abrir mais 10 leitos em Juazeiro e Senhor do Bonfim, mais dez leitos em Caetité, para diminuir a lista d espera. Mesmo pacientes com plano de saúde, não estão conseguindo vagas, nós do estado estamos absorvendo”, disse em entrevista ao Jornal da Manhã, da TV Bahia. O petista informou ainda que o governo estadual pagará novamente o vale-alimentação para 800 mil alunos da rede pública de ensino da Bahia. “Quero realizar esse pagamento, que garante pelo menos, uma cesta básica. É R$ 55, o valor de uma cesta básica. Vamos voltar a fazer esse pagamento ainda no mês de março”, ressaltou.