Busca pela categoria "Cultura"
Targino Gondim visita a Gruta da Mangabeira em Ituaçu
Foto: Divulgação
Cultura 17 Ago 2021 - 10:42
Targino Gondim visita a Gruta da Mangabeira em Ituaçu

Acompanhado do Prefeito de Ituaçu, Phellipe Brito (PSD) e equipe do Governo Municipal, o sanfoneiro, cantor e compositor Targino Gondim, esteve na manhã de domingo (15/08), na Gruta da Mangabeira, localizada em Ituaçu, na Chapada Diamantina (BA). O cantor que é um defensor das tradições do Nordeste apreciou a gruta e cantou, (assista no vídeo abaixo). O prefeito de Ituaçu, destacou em suas redes sociais: "O artista Targino Gondim, ícone da música Brasileira, em especial do nosso Nordeste. Grato pela visita meu amigo, breve com grandes projetos em Ituaçu. Vem coisa boa aí". Completa Phellipe Brito.
 

Livramentense Raissa Pessoa e Gabriel Chaves lançam documentário sobre o maestro Lindembergue Cardoso
Cultura 08 Jul 2021 - 22:17
Livramentense Raissa Pessoa e Gabriel Chaves lançam documentário sobre o maestro Lindembergue Cardoso

Dois amigos que se conheceram através do amor pela música: essa é a história dos baianos Raíssa Pessoa e Gabriel Chaves, estudantes da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), respectivamente, que lançaram, no fim do último mês, o primeiro episódio da série documental “Um baiano em cada canto”. Como não podia deixar de ser, os dois livramentenses apaixonados por música escolheram o seu conterrâneo maestro Lindembergue Cardoso como peça central do primeiro episódio, disponível gratuitamente no Youtube. Compositor, professor e regente, Lindembergue Cardoso foi um dos grandes nomes a passar pela Escola de Música da UFBA (EMUS), onde se formou e lecionou. Autor de uma obra vasta e premiada, Lindembergue participou assiduamente de diversos concursos e festivais, e, além de membro fundador do Grupo de Compositores da Bahia, em 1966, participou, em 1972, da fundação da Sociedade Brasileira de Música Contemporânea, onde atuou como secretário geral. Na Academia Brasileira de Música, ingressou em 1988, ocupando a cadeira de número 33. A importância de Lindembergue para a cena cultural brasileira é inegável, e já foi documentada diversas vezes — incluindo o memorial erigido em sua homenagem na EMUS, onde atuava como vice-diretor à época de seu falecimento. “Um baiano em cada canto”, no entanto, traz o olhar afetuoso e de admiração de dois amantes da música, do tipo que apenas o reconhecimento em um conterrâneo é capaz de despertar. Com 101 minutos de duração, o documentário traz o relato de amigos, familiares e estudiosos da música, abordando a trajetória pessoal e profissional do maestro, reconhecido por sua criatividade e sua atuação de vanguarda, que ultrapassaram os limites de Livramento de Nossa Senhora, sua cidade natal, e mesmo da Bahia. Participam com entrevistas nomes como Paulo Costa Lima, João Omar, Elomar FIgueira, Cristian Cardoso, Ruybergue Cardoso, Inalba Fontenelle, e a víuva do maestro, a sra. Lúcia Maria Pellegrino, além de relatos in memoriam resgatados de imagens de arquivo. Gravado e editado ao longo de 2020, o documentário é parte da disciplina “Cultura e Subjetividade na Bahia e no Brasil”, e foi executado sob orientação do Prof. Dr. Itamar Pereira (Curso de Cinema e Audiovisual / UESB). Como um produto realizado em meio à primeira onda da pandemia de COVID-19, as imagens com frequência marcam o seu momento no tempo: não raramente estão à vista máscaras ou potes de álcool em gel, um relato visual dos esforços empreendidos pela dupla de roteiristas e diretores para realizar o documentário dentro das recomendações sanitárias da Organização Mundial da Saúde (OMS).

“Tivemos diversas dificuldades”, relata Raíssa, “como a base do documentário são as entrevistas, e não podíamos viajar para encontrar entrevistados ou realizar filmagens específicas, como o memorial da EMUS, tivemos que redobrar os esforços”. O medo e o risco foram vencidos pela vontade, pela criatividade e pelo uso da tecnologia: “Boa parte dos nossos entrevistados eram, também, membros do grupo de risco. É impossível não sair de um encontro desses com peso na consciência, por isso preferimos realizar a maior parte das entrevistas utilizando plataformas como Google Meets e Whatsapp, às vezes apenas por mensagens de áudio”. A pandemia adiou, inclusive, os planos de Raíssa e de Gabriel para novos episódios da série. "Nossa ideia é produzir diversos episódios, mas temos muitas ideias que funcionam muito melhor de forma presencial, por isso, preferimos esperar”, afirma a musicista. “Nosso objetivo é homenagear grandes nomes baianos que ainda estão vivos. Ainda não temos um episódio no forno, mas temos diversas personalidades elencadas, incluindo os músicos que participaram deste episódio”. Distribuído de forma gratuita, o documentário “Um baiano em cada canto” está disponível no canal de Youtube de Raíssa, o “Oxe, Pessoa?”, criado inicialmente como um arquivo de canções autorais e interpretações de outras músicas, mas que, a partir de agora, passa a abrigar também as produções realizadas em parceria com Gabriel. Para o professor José Maurício Brandão, diretor da Escola de Música da UFBA, iniciativas como a de Raíssa e Gabriel são louváveis, e exemplificam o papel formador da Universidade Pública: “além do conhecimento técnico e formal, a Universidade é o espaço de suporte ao desenvolvimento não apenas de seus alunos, mas de toda a sociedade. Produções como este documentário são iniciativas que mantêm vivas a história e a cultura de nosso estado, evidenciando a amplitude do que se produz nesse espaço escolar. Não é à toa que a conexão do fazer artístico de Lindembergue e o de Raíssa e Gabriel perpassam Universidades Públicas de qualidade”. 

CONTINUE LENDO



Mais de 90 cidades baianas ainda não repassaram os recursos da Lei Aldir Blanc
Foto: Reprodução
Cultura 28 Abr 2021 - 12:58
Mais de 90 cidades baianas ainda não repassaram os recursos da Lei Aldir Blanc

Quase uma centena de prefeituras baianas ainda não direcionou os recursos garantidos pelo governo federal através da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, criada para socorrer artistas e trabalhadores do setor. Segundo levantamento do portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, a soma de repasses que deixaram de ser aplicados gira em torno dos R$ 16 milhões. No topo da lista está o município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), que não depositou nenhum centavo para os artistas através da Aldir Blanc. Mesmo com um montante de R$ 928,8 mil no cofre do Executivo, o órgão de Cultura do município não executou o pagamento aos profissionais da cena artística local. No levantamento que reúne as localidades que receberam as maiores verbas para socorro ao meio artístico e não foram direcionadas, logo depois de Simões Filho aparecem Candeias – também na RMS -, que deixou de aplicar mais de R$ 622,8 mil; e Casa Nova, que não direcionou mais de meio milhão de reais do que foi recebido da União. Ao todo, R$ 3 bilhões foram repassados pelo governo federal através da legislação para estados e municípios. Além das mais de 900 cidades, outras 40 ainda não aplicaram boa parte do que receberam. De acordo com os dados apurados pelo portal junto ao Sistema Nacional de Cultura, da Secretaria da Cultura do Ministério do Turismo, menos de 10% foram repassados por estas quatro dezenas de cidades para os seus artistas.

Mais de 90 cidades baianas ainda não repassaram os recursos da Lei Aldir Blanc
Foto: Divulgação
Vitória da Conquista recebe novo Festival de cinema, neste mês de Fevereiro
Foto: Divulgação
Cultura 26 Fev 2021 - 00:20
Vitória da Conquista recebe novo Festival de cinema, neste mês de Fevereiro

Cine em Transe - Festival de cinema do Sudeste da Bahia - Ano 1 nasce com o intuito de promover exibições de filmes que foram produzidos na região do Sudoeste da Bahia. Mas não fica só por aí, haverá também Oficinas para o público em geral e Premiações aos filmes selecionados à primeira mostra. As inscrições para seleção de filmes de curta-metragem finalizados de janeiro de 2016  a março de 2021, por residentes da região sudoeste, começam no dia 22 de fevereiro e encerram no dia 05 de março – através do link: https://forms.gle/USQCTC9SYD1aSahx7

Nesta primeira edição, serão selecionados 30 filmes, distribuídos em três categorias:

•          10 filmes na categoria de Cinema estudantil (filmes realizados por estudantes, devidamente matriculados em instituição de ensino sediada na região Sudoeste da Bahia, até o último ano do ensino médio, durante o período de realização da obra, a partir de janeiro de 2016);

•          10 filmes na categoria de Cinema universitário (os filmes devem ter sido realizados durante a graduação em qualquer curso ao qual a pessoa proponente está/esteve devidamente matriculada no período de realização da obra, em instituição de ensino sediada na região Sudoeste da Bahia, a partir de janeiro de 2016);

•          10 filmes na categoria de Cinema independente (os filmes deverão ser, obrigatoriamente, de diretores e/ou produtores residentes na região Sudoeste da Bahia, que atestem a vinculação com a região no período de produção do filme, compreendido a partir de janeiro de 2016);

Poderão se inscrever filmes de curta-metragem, sendo estes documentários, ficções, experimentais ou animações, realizados há, no máximo, 5 anos e 2 meses, na região Sudoeste (Anagé, Aracatu, Barra do Choça, Belo Campo,  Bom Jesus da Serra, Caetanos, Cândido Sales, Caraíbas, Condeúba, Cordeiros, Encruzilhada, Guajeru, Jacaraci, Licínio de Almeida, Maetinga, Mirante, Mortugaba,  Piripá, Planalto, Poções, Presidente Jânio Quadros, Ribeirão do Largo, Tremedal e Vitória da Conquista) e Médio Sudoeste (Caatiba; Itororó; Firmino Alves; Macarani; Ibicuí; Maiquinique; Iguaí; Nova Canaã; Itambé; Potiraguá; Itapetinga; Santa Cruz da Vitória; Itarantim). Não há limite de inscrições por proponente, desde que o responsável pela mesma assuma, obrigatoriamente, a função de Direção ou Produção Executiva da obra.

Para mais informações, acesse o Regulamento clicando (AQUI)  oficial do Festival, disponível também nas redes sociais do Evento (@cineemtranse – Instagram ou Facebook).

O I Festival Cine em Transe tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal. Conta com a parceria da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, por meio do Programa Janela Indiscreta Cinema e Audiovisual, Curso de Cinema e Audiovisual e o  Sistema Uesb de Rádio e Televisão Educativas; e da TV Kirimurê.

Propostas contempladas com a Lei Aldir Blanc já estão sendo realizadas em Livramento
Foto: Patrick Cassiano/Blog Regional
Cultura 08 Fev 2021 - 20:29
Propostas contempladas com a Lei Aldir Blanc já estão sendo realizadas em Livramento

Com objetivo de promover ações que garantam renda emergencial para trabalhadores da cultura e manutenção dos espaços culturais durante a pandemia da Covid-19, o Governo Federal criou a Lei 14.017/20, conhecida como Lei Aldir Blanc. Em Livramento de Nossa Senhora, as propostas culturais beneficiadas pela lei já começaram a ser executadas. Mais de R$ 350 mil foram destinados para a manutenção de espaços culturais e editais para projetos de formação cultural. O coordenador da Divisão de Atividades Artísticas e Culturais, Janilson Santos, lembrou que no munícipio várias propostas receberam o auxílio financeiro. “Entre as áreas contempladas estão artes visuais, audiovisual, culturas digitais, design, teatro, música, patrimônio material, pensamento e memória, políticas e gestão e formação cultural”, destacou.

Livramento é a primeira cidade da região sudoeste a pagar recursos cultural da Lei Aldir Blanc
Foto: Patrick Cassiano/Blog Regional
Cultura 17 Dez 2020 - 18:12
Livramento é a primeira cidade da região sudoeste a pagar recursos cultural da Lei Aldir Blanc

Teve inicio na última quarta-feira (16), o pagamento dos recursos da Lei Aldir Blanc em Livramento, a primeira cidade do Sudoeste que contempla os espaços e agentes culturais. O Diretor de Cultura, Janilson Santos, explicou que o prefeito Ricardinho Ribeiro não mediu esforços para que os recursos fossem logo direcionando aos espaços e agentes culturais. Entre as premiações da Lei Emergencial Aldir Blanc os proponentes que realizaram as suas inscrições e que ainda não entregaram as documentações solicitadas, devem ficar atentos aos prazos. Lembrando que os editais e formulário encontra-se disponível no site da prefeitura.

Programa Aldir Blanc Livramento de Nossa Senhora torna público três editais para premiação de propostas, trabalhos e iniciativas de cunho artístico e cultural
Foto: Reprodução
Cultura 24 Nov 2020 - 13:52
Programa Aldir Blanc Livramento de Nossa Senhora torna público três editais para premiação de propostas, trabalhos e iniciativas de cunho artístico e cultural

Estão abertas até o dia 07 de dezembro, as inscrições para três Editais de chamadas Públicas. Os editais elaborados pela Comissão de Aplicação e Fiscalização Lei Aldir Blanc coordenado pela Divisão de Atividades Artísticas e Culturais da Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Lazer e Turismo, integra o Programa Aldir Blanc Livramento-BA, com recursos oriundos da Lei Aldir Blanc.


EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA 001/2020


Chamada Pública para seleção e premiação de propostas que visem o desenvolvimento de atividades nas áreas artísticas e culturais no Município de Livramento de Nossa Senhora-BA. Constitui objeto desta Chamada Pública selecionar e premiar 16 (dezesseis) propostas com o valor bruto R$ 5.000,00 (cinco mil reais) por proposta selecionada, totalizando um valor bruto de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais).

 

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA 002/2020

Edital, para premiação “HELENA LIMA SANTOS” de iniciativas culturais. Constitui objeto deste edital a seleção de 09 (nove) inciativas culturais que tenham sido realizadas entre os anos de 2010 a 2019, que serão premiadas com o valor bruto R$ 4.000,00 (quatro mil reais) por iniciativa selecionada.

 

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA 003/2020


Edital, para premiação “Érico Lopes Mestres e Mestras” de notório saber Esta Chamada Pública visa Selecionar e premiar 20 (vinte) mestres ou mestras de notório saber, com idade igual ou superior a 50 (cinquenta) anos, atuantes em Livramento de Nossa Senhora-BA há pelo menos 10 (dez) anos, e que possuam o reconhecimento de suas comunidades de que são detentores do conhecimento indispensável à transmissão de saber, celebração ou forma de expressão tradicional. Cada um dos 20 (vinte)  selecionados receberá:  Uma premiação de R$ 3.000,00 (três mil reais).

Para maiores informações, acesse:
www.livramentodenossasenhora.ba.gov.br

Livramento: Encontro de Comunidades Quilombolas homenageia o Novembro Negro
Foto: Hugolino Lima
Cultura 26 Nov 2018 - 12:17
Livramento: Encontro de Comunidades Quilombolas homenageia o Novembro Negro

Na noite do último sábado, 24 de novembro, as Comunidades Quilombolas de Olhos D’ Água do Meio, Lagoinha, Poço, Couros, Pajeú, Maracujá, Quixabeira, Várzea Grande, Cipual, Jiboia, Lagoa do Leite e Jatobá, localizadas no município de Livramento de Nossa Senhora, Bahia, realizaram na comunidade de Couros, Distrito de São Timóteo, neste município, o Encontro de Comunidades Quilombolas em Homenagem ao Dia da Consciência Negra. Na ocasião, foram apresentadas diversas manifestações de identidade cultural, com destaques para as danças, músicas, cantigas de roda, comidas típicas, Capoeira e, ainda, uma palestra sobre o Dia da Consciência Negra e o enfrentamento do Racismo, proferida pela Psicóloga Angélica. O presidente do CEFORC, Hugolino Lima, enfatizou a importância Sociocultural das comunidades quilombolas e o entendimento acerca da Igualdade Racial, sobretudo para coibir o Racismo e a Segregação. Esse evento contribuiu com a articulação do Movimento Quilombola Livramentense e, também, o fortalecimento das questões relacionadas ao resgate da Identidade Cultural dessas comunidades.

XXIII Encontro de Capoeira Centro Sul Baiano e Chapada Diamantina foi realizado em Livramento no último final de semana
(Foto: Divulgação | ASCOM PML)
Cultura 03 Set 2018 - 22:19
XXIII Encontro de Capoeira Centro Sul Baiano e Chapada Diamantina foi realizado em Livramento no último final de semana

A Secretaria Municipal de Esportes, Cultura, Lazer e Turismo (SECULT), mais uma vez esteve presente e apoiando os eventos esportivos e culturais que acontecem em Livramento de Nossa Senhora. O XXIII Encontro de Capoeira Centro Sul Baiano e Chapada Diamantina, do Grupo Capoeira Expressão, Arte e Cultura – CEAC, aconteceu nesse último fim de semana (01). O evento foi realizado no Espaço Bela Vista, no Taquari, contou com a presença de mestres, contramestres, professores e alunos de Dom Basílio, Macaúbas, Barreiras, Lençóis, Souto Soares, Boninal, Boquira e Ibipitanga praticantes da arte marcial brasileira.

XXIII Encontro de Capoeira Centro Sul Baiano e Chapada Diamantina foi realizado em Livramento no último final de semana
(Foto: Divulgação | ASCOM PML)

O contramestre Boda, a instrutora Marcela, responsáveis pelo grupo de capoeira, e seus alunos fizeram um grande batizado e a troca de cordas, recebendo muitos elogios dos pais, alunos e visitantes. A Prefeitura Municipal, através da SECULT, apoia diversos eventos esportivos e culturais em Livramento.

XXIII Encontro de Capoeira Centro Sul Baiano e Chapada Diamantina foi realizado em Livramento no último final de semana
(Foto: Divulgação | ASCOM PML)
Documentos da CIA revelam investigações sobre Jorge Amado
Foto: Reprodução
Cultura 11 Fev 2017 - 21:28
Documentos da CIA revelam investigações sobre Jorge Amado

"Garoto de recados dos comunistas." Assim o escritor Jorge Amado é classificado em um documento confidencial da CIA, a agência de inteligência dos Estados Unidos, no início dos anos 1950. O escritor brasileiro era um dos intelectuais monitorados pelo espiões norte-americanos por causa da ligação com o comunismo. São ao menos 27 os relatórios que mencionam o romancista brasileiro. Qualquer indício de simpatia aos comunistas importava aos EUA durante a Guerra Fria (1945-1981). No clima de arapongagem, os passos do baiano passaram a ser seguidos. Jorge Amado não podia nem mesmo entrar em território norte-americano. A lei de imigração passou a barrar os vistos de intelectuais "suspeitos" a partir de 1952. O autor de "Seara Vermelha" (1946) não estava só. O escritor colombiano Gabriel García Márquez, o mexicano Carlos Fuentes, o argentino Julio Cortázar e o poeta chileno Pablo Neruda também tiveram o ingresso impedido. Antes secretos, os documentos que mostram o interesse dos americanos pelo baiano foram liberados ao público pela CIA no final de 2016. Cerca de 11,1 mil papéis falam sobre o Brasil.

 

Beyoncé anuncia gravidez de gêmeos
imagem: Reprodução/Instagram/beyonce
Cultura 01 Fev 2017 - 19:03
Beyoncé anuncia gravidez de gêmeos

Beyoncé anunciou que está grávida de gêmeos. Nesta quarta-feira (1º), a cantora de 35 anos publicou no Instagram uma foto em que aparece segurando a barriga, de lingerie e véu em meio a flores. Na rede social, Beyoncé agradeceu as mensagens de carinho dos fãs e celebrou a segunda gestação. "Nós gostaríamos de compartilhar nosso amor e felicidade. Fomos abençoados duas vezes. Estamos incrivelmente felizes que nossa família vai aumentar mais duas vezes, e agradecemos a vocês por seus desejos de felicidades", comemorou a cantora no Instagram. A revelação surpreendeu os fãs, que deixaram comentários emocionados: "Oh, meu Deus, a rainha terá outras princesas", escreveu uma seguidora. A cantora também recebeu mensagens em português. "Que linda! Deus abençoe vocês", celebrou uma fã brasileira. Casados desde abril de 2008, Beyoncé e Jay Z são pais de uma menina, Blue Ivy Carter, que completou cinco anos no último dia 7.