Categoria: Mundo

  • Foto: Ricardo Stuckert/PR
  • 20 // Mai // 2024
  • 22h34

Presidente Lula expressa condolências após morte do presidente iraniano e chanceler em acidente de helicóptero

Nesta segunda-feira (20), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) utilizou as redes sociais para manifestar seu pesar após a confirmação da morte do presidente iraniano Ebrahim Raisi e do seu chanceler, Hossein Amir Abdollahian, juntamente com todos os passageiros e tripulação, devido à queda de seu helicóptero em uma região montanhosa no noroeste do país, em meio a uma neblina, a 600 km do Teerã. O acidente ocorreu por volta das 13h (6h no horário de Brasília), sendo que a aeronave só foi encontrada 12 horas depois, durante a madrugada de hoje. O presidente Lula expressou suas condolências aos familiares de todas as vítimas, ao governo e ao povo iraniano, destacando o momento de luto e tristeza pela perda dessas importantes figuras políticas.

  • Foto: Divulgação/Bill Ingalls/NASA
  • 23 // Abr // 2024
  • 10h23

Fenômeno da 'Lua Cheia Rosa' poderá ser observado pelos brasileiros nesta terça-feira

A "Lua Cheia Rosa", um fenômeno raro e curioso, poderá ser apreciada pelos brasileiros nesta terça-feira (23). Apesar do nome, a Lua não apresentará mudanças de cor, sendo chamada assim devido à tradição de povos nativos dos Estados Unidos. Essa denominação está relacionada ao desabrochar das flores, como as rosas, que ocorre durante a primavera no Hemisfério Norte, época em que o fenômeno é observado. Para apreciar a "Lua Cheia Rosa", não é necessário o uso de equipamentos especiais. Basta olhar para o céu por volta das 17h32 (horário de Brasília) quando a Lua surgir no horizonte.

  • Foto: Divulgação
  • 18 // Abr // 2024
  • 11h19

Marina Silva está entre os 100 mais influentes de 2024 da Time

Marina Silva, a Ministra do Meio Ambiente está entre as 100 pessoas mais influentes de 2024, segundo a revista Time. A publicação americana destaca a “reconstrução da capacidade do Brasil de combater o desmatamento na Amazônia”. Os nomes são escolhidos por um grupo de editores e representantes da revista. A divulgação é anual. A ministra do MMA é a única brasileira na lista de 100 nomes na edição de 2024. Marina faz parte da categoria “lideranças” da lista. “Sem dúvida, esse reconhecimento corrobora a capacidade e o compromisso do Brasil de liderar as discussões nos fóruns internacionais, especialmente G20 e COPs, sobre as políticas que coloquem o planeta efetivamente no rumo certo no enfrentamento às mudanças climáticas. Eu compartilho também esse reconhecimento com todo o governo federal, que tem enfrentado os desafios da transição ecológica, do desmatamento e das consequências das mudanças climáticas no país”, comemorou Marina. No ano passado, o presidente Lula foi selecionado para a lista. Já em 2022, a líder indígena Sônia Guajajara e o pesquisador Tulio de Oliveira estiveram presentes. Na lista de 2024, outros nomes icônicos também ganham destaque, como Dua Lipa, America Ferrera, Kylie Minogue, Sofia Coppola, Max Verstappen, Javier Milei, entre outros. Acesse o site da revista Time para conferir a lista completa.

  • Foto: Reprodução/CNN
  • 14 // Abr // 2024
  • 22h00

Direita critica governo Lula por não condenar ataque do Irã a Israel

O ataque do Irã a Israel no sábado (13) provocou reações intensas entre políticos brasileiros nas redes sociais. Parlamentares de direita expressaram descontentamento com a resposta do governo brasileiro, enquanto os governistas foram mais cautelosos em suas declarações. Do lado governista, houve críticas à postura israelense que aumentou as tensões na região. O senador Flávio Bolsonaro criticou a nota do Itamaraty por não condenar diretamente o Irã, enquanto a deputada Carla Zambelli chamou a reação do governo brasileiro de "inaceitável". Já o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, expressou apoio a Israel e pediu por uma solução pacífica. Parlamentares bolsonaristas manifestaram solidariedade aos israelenses, enquanto membros da esquerda destacaram o ataque israelense à embaixada iraniana na Síria como parte do contexto de tensões na região. O ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves chamou o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, de "inconsequente".

  • Foto: Divulgação/ERO Boston
  • 13 // Abr // 2024
  • 23h00

Brasileiro é preso nos EUA por 12 acusações de pedofilia

Um brasileiro de 53 anos foi preso em Revere, Massachusetts, nos Estados Unidos, sob acusações de pedofilia, conforme relatado pelo ERO Boston, um grupo americano de Operações de Execução e Remoção. O homem é acusado de 12 crimes sexuais contra crianças e foi detido perto de sua residência em 28 de março. O diretor responsável pela prisão, Todd M. Lyons, expressou preocupação com a gravidade dos crimes, mencionando que o indivíduo em questão não é alguém com quem desejam que as crianças interajam livremente em suas comunidades. O nome do homem não foi divulgado, e as fotos da prisão mostram seu rosto borrado, indicando uma medida de proteção de identidade. Além das acusações de pedofilia, o brasileiro vivia ilegalmente nos EUA. Ele entrou inicialmente no país em setembro de 2001, com autorização para permanecer até março do ano seguinte. No entanto, ele permaneceu após esse prazo, sendo encontrado pelo ERO em 2007. Após detenção e procedimentos de remoção, ele foi liberado em abril de 2007, mas retornou aos EUA de forma não autorizada. Em 2021, ele foi preso novamente por acusações de agressão indecente e estupro de uma criança em Middlesex, Massachusetts. Em abril de 2022, o Tribunal Superior do Condado de Middlesex o acusou de 12 casos de crimes sexuais envolvendo crianças. O ERO Boston menciona que o tribunal não atendeu ao pedido de mantê-lo sob custódia, resultando em sua liberação em novembro de 2022.

  • Foto: Divulgação
  • 12 // Abr // 2024
  • 21h15

Presidente da Argentina se encontra com Elon Musk e oferece colaboração em conflito no Brasil

O presidente da Argentina, Javier Milei, se reuniu com Elon Musk na fábrica da Tesla no Texas nesta sexta-feira (12). Durante o encontro, Milei ofereceu colaboração no conflito entre a rede social X (antigo Twitter) no Brasil e o contexto judicial e político do país. Eles também acordaram realizar um grande evento na Argentina para promover ideias de liberdade. Musk discutiu suas ideias sobre fomentar as taxas de natalidade globalmente, destacando preocupações com o decrescimento populacional. Enquanto isso, Milei enfrenta disputas com o ministro do STF, Alexandre de Moraes, enquanto Musk lida com ordens de remoção de conteúdo de governos como Índia e Turquia. Moraes incluiu Musk em um inquérito sobre milícias digitais antidemocráticas. A polêmica envolvendo Musk também gerou comentários de líderes políticos no Brasil, como Lula e o presidente brasileiro.

  • Foto: Divulgação/Governo do Paraguai
  • 05 // Abr // 2024
  • 19h50

Paraguai envia 25 presos brasileiros de volta ao Brasil em ação histórica contra o crime

Em uma operação de cifras recordes, o governo do Paraguai realizou uma ação histórica na quinta-feira (4), enviando ao Brasil 25 presos brasileiros detidos em prisões paraguaias. A maioria desses presos pertencia a organizações como o PCC, o Primeiro Comando da Capital, e o Comando Vermelho. A operação, chamada de Joapy, foi saudada com pompas e envolveu mais de 800 policiais civis e militares, que escoltaram os detentos até as regiões fronteiriças de Pedro Juan Caballero e Ciudad del Este, conhecidas por suas altas taxas de violência. As autoridades paraguaias descreveram as cifras como históricas, destacando que nunca antes tantos presos brasileiros em conjunto foram entregues ao país. O presidente Santiago Peña, em uma declaração nas redes sociais, mencionou que a Operação Joapy tinha como objetivo desarticular o crime que opera tanto nas prisões quanto nas ruas, buscando um Paraguai mais seguro para as famílias. A ação, que ocorreu durante toda a manhã sem anúncios públicos por questões de segurança, foi registrada em vídeos para as redes sociais, acompanhada por trilhas sonoras de ação e monitoramento de helicópteros. Os presos, com as mãos algemadas e os rostos cobertos por sacos pretos, foram impedidos de voltar ao Paraguai por pelo menos 20 anos, evidenciando a determinação das autoridades em conter fatores que coloquem em risco a segurança das penitenciárias locais. A operação Joapy também destaca o dilema crônico entre o Paraguai e o Brasil quanto à presença de prisioneiros brasileiros em penitenciárias paraguaias, especialmente nas áreas de fronteira, conhecidas por atividades criminais intensas. 

  • Foto: Alberto Estevez/Reuters
  • 25 // Mar // 2024
  • 11h12

Daniel Alves paga fiança e deixará prisão em Barcelona

O jogador Daniel Alves pagou a fiança de 1 milhão de euros, equivalente a R$ 5,4 milhões, nesta segunda-feira (25) e será solto da prisão de Barcelona, onde estava detido desde janeiro de 2023. Condenado a nove anos de prisão por agressão sexual, Alves teve seu pedido de liberdade provisória aceito pela Justiça espanhola. A informação foi confirmada pelos principais jornais da Catalunha. O caso remonta a uma acusação de agressão sexual ocorrida em dezembro de 2022 em Barcelona, quando Alves teria agredido uma mulher em uma boate. Após apresentar novas versões do caso, ele recebeu voz de prisão em janeiro de 2023 e foi condenado em fevereiro deste ano. Com o pagamento da fiança, Alves aguardará os recursos da decisão até que se esgote em todas as instâncias judiciais. A defesa do jogador enfrentou desafios para levantar o valor da fiança, buscando empréstimos bancários e até mesmo tentando liberar valores retidos em processos judiciais no Brasil. Daniel Alves possui um patrimônio avaliado em 60 milhões de euros, mas parte desse montante está indisponível devido a uma disputa judicial relacionada a pensão alimentícia dos seus filhos.

  • Foto: Arquivo
  • 20 // Mar // 2024
  • 09h56

Daniel Alves pode ser libertado mediante pagamento de fiança de um milhão de euros em caso de estupro

O jogador brasileiro Daniel Alves, condenado a quatro anos e meio de prisão pelo estupro de uma jovem de 23 anos em uma boate em Barcelona, poderá ser libertado provisoriamente se pagar fiança de um milhão de euros, equivalente a 5,5 milhões de reais. O Tribunal de Barcelona concordou parcialmente com o pedido da defesa de Alves para libertá-lo enquanto se aguarda a sentença final, impondo diversas condições e medidas cautelares. Além da fiança, os magistrados ordenaram a retirada dos passaportes de Alves, a proibição de comunicação com a vítima e a obrigatoriedade de comparecimento semanal ao tribunal. A decisão foi tomada por dois votos a favor e um contra, após a audiência em que a defesa de Alves argumentou que ele já cumpriu um quarto da pena e possui domicílio e raízes em Barcelona, enquanto o Ministério Público alegou que o jogador tem condições financeiras para fugir.

  • Foto: Alberto Estevez/Reuters
  • 23 // Fev // 2024
  • 15h00

Mãe se encontra com Daniel Alves após sentença e diz que filho está tranquilo, afirma defesa

A mãe de Daniel Alves, Lucia Alves, encontrou com o filho por 1h30 após o ex-jogador da Seleção Brasileira receber a sentença de 4 anos e 6 meses de prisão por estupro. Ela disse que ele estava tranquilo com a pena. A informação foi revelada ao g1, na quinta-feira (22), pela advogada Graciele Queiroz, que representa os parentes do baiano no Brasil. “A mãe do Daniel ainda não tinha conseguido dar um abraço nele, até que, após a sentença, esse momento chegou. Ela passou 1h30 com ele, com muita tranquilidade e observamos que ele está tranquilo, até porque ele não cometeu crime algum”, disse Graciele Queiroz. A advogada ainda afirmou que vai entrar com recurso e que acredita que Daniel Alves responderá ao processo em liberdade antes do fim da pena. “Após a sentença cabe recurso, para poder solicitar a diminuição [da pena] e mostrar, com as provas, que não tem porque ele responder por esse crime. Porém, ele já tá preso há um ano e dois meses, então, entendemos que até o final do ano [seja liberado para responder em liberdade], devido ao bom comportamento. É uma pessoa que se entregou em livre e espontânea vontade. Tudo isso são atenuantes para facilitar, nesse momento, a saída do Daniel”, completou. Segundo a defesa do jogador, Daniel Alves “acreditava fielmente em uma absolvição”, por causa do ‘in dúbio pro reo’ (“na dúvida, a favor do réu”, em tradução livre).

  • Foto: Reprodução/ Band
  • 22 // Fev // 2024
  • 08h41

Daniel Alves é condenado a 4 anos de prisão por caso de estupro

Nesta quinta-feira (22), o ex-jogador da seleção brasileira Daniel Alves foi condenado a 4 anos e 6 meses de prisão pelo tribunal de Barcelona. A sentença veio após a acusação de estupro por parte de uma mulher na boate Sutton, na mesma cidade, no final de 2022. A decisão foi proferida pela juíza Isabel Delgado, da 21ª Seção de Audiência de Barcelona. Além da pena de prisão, Daniel Alves foi sentenciado a cinco anos de liberdade supervisionada após cumprir a pena, bem como nove anos de afastamento da vítima e o pagamento de uma indenização de 150 mil euros, cerca de R$ 804 mil, além das custas do processo. O julgamento de Alves durou três dias e terminou em 7 de fevereiro, quando o ex-jogador prestou depoimento. Durante a sessão, ele negou a agressão sexual, afirmando que a relação com a denunciante foi consensual e chegou a chorar. A defesa do ex-jogador ainda pode recorrer da decisão no Tribunal Superior de Justiça da Catalunha (TSJC) e no Supremo Tribunal da Espanha. Enquanto recorre, Daniel Alves permanece preso, conforme determinação do tribunal.

  • Foto: Reprodução/Hugo Sena
  • 17 // Nov // 2023
  • 09h00

Brasil sofre derrota contra Colômbia por 2 a 1 nas eliminatórias do Mundial de 2026

A Seleção Brasileira enfrentou um revés na noite desta quinta-feira (16), sendo superada pela Colômbia por 2 a 1 em Barranquilla, na quinta rodada das Eliminatórias para o Mundial de 2026. O gol do Brasil foi marcado por Martinelli, mas a noite foi de Luis Diaz, que brilhou ao marcar dois gols para a equipe colombiana. O Brasil jogou com Alisson no gol; Emerson Royal, Marquinhos, Gabriel Magalhães (substituído por Douglas Luiz) e Renan Lodi (substituído por Pepê) na defesa; André, Bruno Guimarães e Rodrygo (substituído por Paulinho) no meio-campo; e Raphinha (substituído por Endrick), Martinelli e Vinicius Junior (substituído por João Pedro) no ataque. A Seleção Brasileira tem um próximo desafio agendado para terça-feira (21), quando enfrentará a Argentina no Maracanã pela sexta rodada das Eliminatórias.

  • Foto: Divulgação
  • 19 // Out // 2023
  • 21h45

WhatsApp permite agora duas contas no mesmo aplicativo para dispositivos Android

Em uma emocionante reviravolta para os usuários de celulares com múltiplas linhas, o WhatsApp, propriedade da Meta (empresa mãe do WhatsApp, Instagram e Facebook), anunciou nesta quinta-feira (19) a liberação de uma função muito aguardada: a capacidade de utilizar duas contas no mesmo aplicativo. O anúncio foi feito por Mark Zuckerberg, CEO da Meta, prometendo trazer ainda mais flexibilidade aos usuários do popular aplicativo de mensagens. A nova função, no entanto, será implementada gradualmente para celulares Android, com a expectativa de que todos os dispositivos Android a recebam "nas próximas semanas e meses". Infelizmente, não há informações no momento sobre se essa funcionalidade estará disponível para dispositivos iOS, como o iPhone. Para desfrutar dessa nova facilidade, os usuários precisarão ter uma segunda linha de celular em operação em seu dispositivo. Isso pode ser feito de duas maneiras: usando mais de um cartão SIM (comumente conhecido como "chip") em aparelhos que comportam múltiplas linhas ou através do uso de um eSIM, que já vem integrado à maioria dos celulares modernos. Para ativar a função de duas contas no mesmo aplicativo, siga os seguintes passos: Acesse o menu de Configurações no WhatsApp. Clique na seta ao lado do seu nome e selecione "Adicionar conta". A partir daí, você terá a capacidade de controlar as configurações de privacidade e notificações para cada uma das contas separadamente. Essa novidade segue a recente atualização do WhatsApp que permitiu o uso da mesma conta em até quatro dispositivos diferentes. Isso significa que, agora, é possível manter um único perfil em quatro smartphones distintos, proporcionando uma experiência mais flexível e dinâmica para os usuários.

  • Foto: Sameh Rahmi / Getty Images
  • 12 // Out // 2023
  • 20h55

Conflito em Gaza deixa milhares de desabrigados e causa tragédia humanitária

Na Faixa de Gaza, metade das vítimas fatais são crianças e mulheres, segundo o governo palestino. De 1.417 mortes confirmadas, 447 são crianças e 248, mulheres, revela o balanço oficial. Além disso, a Agência da ONU relata que 340 mil habitantes estão desabrigados devido aos conflitos entre Israel e Hamas. O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, declara que o Hamas deve ser tratado como o grupo terrorista Isis, enquanto os palestinos sofrem com a falta de água e eletricidade. O ministro de Energia de Israel, Israel Katz, afirma que não haverá ajuda humanitária em Gaza até a recuperação dos reféns israelenses, deixando a região em uma situação crítica. O número total de mortos no conflito entre Israel e o grupo Hamas atinge 2,2 mil, sendo 1,3 mil israelenses, evidenciando a urgência de uma solução para a crise humanitária na região.

  • Foto: Reprodução
  • 18 // Ago // 2023
  • 12h00

WhatsApp agora permite enviar fotos em HD; veja como fazer

O WhatsApp anunciou na quinta-feira (17) que agora é possível enviar fotos com qualidade HD nas conversas. Até então, o aplicativo só permitia enviar uma versão mais leve dos arquivos, o que fazia eles chegarem com menos qualidade aos destinatários. Para enviar uma imagem em alta definição pelo WhatsApp, basta escolher o arquivo e selecionar o botão “HD” na tela com os outros recursos de edição do aplicativo. Se o ícone estiver desativado, a foto será enviada no que o app chama de “qualidade padrão”. Segundo o WhatsApp, fotos com qualidade padrão costumam ter entre 1,5 MP e 4 MP (megapixels), enquanto as fotos em HD ficam entre 9 MP e 16 MP. “As imagens em HD ainda serão um pouco compactadas para garantir que o envio e o recebimento ainda sejam rápidos”, explicou o WhatsApp ao g1. A plataforma usa um padrão de imagens conhecido como “JPEG progessivo”, que permite fornecer vários níveis de qualidade para uma foto no mesmo envio. “Isso significa que, se a pessoa para quem você está enviando estiver com uma conexão fraca ou limitada, ela ainda poderá baixar apenas a versão padrão de uma foto que você enviou em HD”, diz o aplicativo. O novo recurso será liberado aos poucos e estará disponível para todos os usuários nas próximas semanas. O aplicativo também promete liberar em breve o envio de vídeos em HD.