Eleições 2020

Nós só agiremos por decisão da Justiça Eleitoral, diz Rui sobre campanha com aglomeração

19 Outubro 2020 - 10:08

Nós só agiremos por decisão da Justiça Eleitoral, diz Rui sobre campanha com aglomeração

Foto: Eduardo Dias/ bahia.ba

A polícia Civil e Militar estão à disposição da Justiça Eleitoral e do Ministério Público para agir em casos de aglomeração em campanha política no interior do Estado. Essa foi a solução encontrada pelo governador Rui Costa (PT), para evitar eventos que possam se tornar foco de transmissão do coronavírus durante o período de eleição, que sugeriu também as carreatas em bicicletas e motos. A alternativa foi comunicada pelo governador durante a entrega da obra de abastecimento de água no bairro de Brotas nesta segunda-feira (19). “Nós agora só agiremos por decisão direta da justiça eleitoral. Eu pedi para que o MP coordenasse essas ações de monitoramento da atividade eleitoral porque acho que não cabe ao executivo em momento eleitoral intervenção direta nos procedimentos da eleição, porque poderia erradamente passar a ideia que a ação do executivo estaria sendo para prejudicar ou para favorecer candidatos neste ou naquele município”, disse o petista. As ações estão sendo coordenadas com base em um parecer feito pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), que estudou as melhores formas de evitar contágio sem prejudicar a campanha de cada região. “Os órgãos do estado, a Policia Civil e Militar, estão à disposição da Justiça Eleitoral e do Ministério Público. Em muitas cidades houve um acordo entre os candidatos e o MP, e esses eventos não estão acontecendo. A Sesab indicou uma medida de minimizar isso são as carreatas de bicicleta e de moto”.

Comentários

Deixe seu comentário

Mais notícias