Brasil

Lava Jato: 66ª fase mira funcionários do Banco do Brasil

27 Setembro 2019 - 11:14

Lava Jato: 66ª fase mira funcionários do Banco do Brasil

Foto : Divulgação

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (27), com o apoio do MPF (Ministério Público Federal) e Receita Federal, a 66ª fase da Operação Lava Jato, batizada de ‘Alerta Mínimo’. São alvos da investigação três gerentes e um ex-gerente do Banco do Brasil que foram cooptados por operadores financeiros para facilitar a realização de centenas de operações de lavagem de dinheiro entre os anos de 2011 e 2014. São cumpridos sete mandados de busca e apreensão em São Paulo e em Natal (RN). As medidas cautelares foram expedidas pela 13ª Vara Federal de Curitiba. De acordo com o Paraná Portal, o  inquérito tem como foco principal a apuração de crimes de lavagem de dinheiro praticados por doleiros e os funcionários da instituição financeira. Segundo o MPF, o montante total ilícito movimentado pelos investigados, por meio da realização transferências bancárias a partir de contas mantidas pela organização criminosa, superou a quantia de R$ 200 milhões. Parte significativa do valor foi convertida em espécie para posterior utilização no pagamento de propinas por empreiteiras que praticaram corrupção contra a Petrobras.

Comentários

Deixe seu comentário

Mais notícias